Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género

  • Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social

    A ACEGIS reconhece-se enquanto entidade de referência nas áreas estratégicas da cidadania, inclusão, igualdade de género, empreendedorismo e inovação social. Intervimos ativamente pela construção de uma sociedade mais justa, paritária e inclusiva!

  • Espanha. Grupo 'La Manada' libertado sob fiança de seis mil euros Esta quinta-feira o Tribunal de Navarra decretou que os cinco homens seriam libertados, na condição de pagarem, cada um, uma caução de seis mil euros. O grupo de cinco homens conhecidos como La Manada (A Manada) foi esta sexta-feira libertado sob caução. O Tribunal de Navarra […]

Ordem vai criar lista nacional de advogados especialistas em violência doméstica

13 Julho, 2018
/ / /

Ordem vai criar lista de advogados especialistas em violência doméstica

O protocolo foi assinado na passada sexta-feira, dia 6 de julho, entre a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género e a Ordem dos Advogados e prevê a formação especializada em violência doméstica e violência de género a advogados.
A Ordem dos Advogados (OA) vai criar uma listagem nacional de advogados com formação específica na área da violência doméstica e de género, no âmbito de um protocolo com o Governo para garantir a eficácia do apoio jurídico às vítimas.
O protocolo foi assinado dia 8 de junho de 2018, entre a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG) e a Ordem dos Advogados e prevê a formação especializada em violência doméstica e violência de género a advogados.
A Ordem [dos Advogados] compromete-se a promover esta formação especializada a advogados e advogadas já a partir deste ano, em articulação com a CIG e outras entidades”, adiantou, em declarações à Lusa, a secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade.
Rosa Monteiro explicou que, na sequência dessa formação, a Ordem dos Advogados vai criar uma área específica dedicada à violência doméstica e de género dentro do seu sistema de informação interno, no âmbito do Sistema de Acesso ao Direito e aos Tribunais.
“Aí, os advogados podem registar-se como sendo especialistas nestas áreas de intervenção específicas e teremos uma listagem nacional de profissionais da advocacia com esta especialização e isto é muito importante”, defendeu a secretária de Estado.
O protocolo entre as duas entidades inclui ainda o compromisso por parte da Ordem dos Advogados em “tornar célere o processo de indicação de advogado que seja solicitado pela Segurança Social, no âmbito do acesso ao direito”, acrescentou Rosa Monteiro.
A partir daí, a CIG passa a estar em condições de poder divulgar informação sobre estes profissionais especializados junto das estruturas da Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica.
Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.359 outros subscritores

Ao clicar em “Subscrever”, está a aceitar a nossa política de privacidade.

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Consulte a nossa Política de Privacidade. © ACEGIS, direitos reservados. 

Partilhe este artigo!


 

Read More

Estão abertas as candidaturas à 6ª edição do Prémio Municipal Madalena Barbosa

2 Julho, 2018
/ / /

Estão abertas as candidaturas à 6ª edição do Prémio Municipal Madalena Barbosa

O prémio visa distinguir o melhor projeto/ação no âmbito da temática da “Igualdade de Género”, desenvolvido e concretizado em 2017 ou a concretizar até final o primeiro semestre de 2018. O prazo de candidatura decorre de 1 de Junho a 14 de setembro de 2018, inclusive.

6.ª edição - Prémio Municipal Madalena Barbosa

Estão abertas as inscrições até dia 14 de setembro, para a 6.ª edição do Prémio Municipal Madalena Barbosa, que visa distinguir o melhor projeto/ação no âmbito da temática da “Igualdade de Género”, desenvolvido e concretizado em 2017 ou a concretizar até final o primeiro semestre de 2018, que contribua, designadamente, para a eliminação dos estereótipos de género e que favoreça a alteração dos modelos sociais e comportamentais a eles associados.
Poderão concorrer à atribuição do Prémio Municipal “Madalena Barbosa” as pessoas singulares maiores de 18 anos que tenham a sua residência ou domicílio profissional no Município de Lisboa e as pessoas coletivas que tenham sede social no mesmo, ou, não possuindo aí a sua sede, promovam atividades de reconhecido interesse municipal.
O prémio é promovido em parceria pelo Município de Lisboa e pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género.

 

Candidaturas

O prazo de candidatura decorre de 1 de Junho a 14 de setembro de 2018, inclusive.
As candidaturas devem ser enviadas para:
Departamento para os Direitos Sociais
Câmara Municipal de Lisboa
Campo Grande 25, 7º Piso, Bloco B
1749-099 Lisboa
Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.359 outros subscritores

Ao clicar em “Subscrever”, está a aceitar a nossa política de privacidade.

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Consulte a nossa Política de Privacidade. © ACEGIS, direitos reservados. 

Partilhe este artigo!


 

Read More

Guião de Educação: Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário

1 Fevereiro, 2018
/ / /
Comments Closed

Guião de Educação: Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário

Novo Guião de Educação: Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário já está disponível online para ajudar professoras e professores a integrar nas suas aulas as questões de igualdade de género.

O propósito deste guião é integrar a dimensão de género nas práticas educativas em contexto escolar, consciencializando e atuando de forma crítica face aos estereótipos sexistas socialmente dominantes

Guião de Educação: Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário

O novo Guião de Educação: Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário já está disponível online para ajudar professoras e professores a integrar nas suas aulas as questões de igualdade de género.
A elaboração do Guião de Educação Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário para apoio a docentes deste ciclo de ensino resultou de uma adjudicação feita pela Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) à Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres (APEM), em setembro de 2014, após abertura de um período de auscultação pública a diversas entidades para apresentação de propostas.

O Guião encontra-se dividido em duas partes. 
Numa primeira parte deste guião é feito o enquadramento teórico em torno dos conceitos de Género e Cidadania e a sua aplicação ao ensino e ao conhecimento. Depois, numa segunda parte, são dadas sugestões práticas de como abordar estes temas num conjunto de disciplinas que vai do Português à História, passando pelo Inglês, Filosofia ou Biologia.
O presente Guião tem, pois, duas finalidades. A primeira, consiste na integração da dimensão de género nas práticas educativas em contexto escolar e nas dinâmicas coletivas e organizacionais das instituições de educação formal, alicerçada numa conscientização e numa atuação crítica face aos estereótipos sexistas, socialmente dominantes, e que predefinem o que é suposto ser e fazer uma rapariga e um rapaz, legitimando a desigualdade nas relações entre umas e outros.
Neste sentido, pretende-se contribuir para a efetivação de uma educação formal e, nesta, de uma educação para a cidadania, que se configure e se estruture em torno, entre outros, do eixo da igualdade social entre mulheres e homens.
A segunda, específica deste Guião e expressa no título Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário, é a integração da investigação científica em Estudos sobre as Mulheres, Estudos de Género e Estudos Feministas na gestão dos programas disciplinares e na abordagem dos seus conteúdos, partindo da assunção do cariz androcêntrico do pensamento científico e da exclusão, secundarização ou silenciamento das mulheres, e do feminino, na ciência produzida e ensinada, ou seja, no conhecimento sobre as sociedades humanas que a escola veicula.
As propostas contidas neste Guião visam:
(i) Por um lado, permitem a apropriação de um olhar crítico sobre a vida e as relações de homens e de mulheres nas alunas e nos alunos que seguem a via de ensino e, eventualmente, a via da investigação científica.
(ii) Por outro lado, contribuírem para o conhecimento, por parte dos alunos e das alunas que optarem pela integração no mercado de trabalho, dos direitos e deveres laborais, bem como dos fatores que põem em risco e condicionam esses mesmos direitos, no atual quadro da mobilidade geográfica.

 

O Guião destina-se a docentes do ensino secundário, dos cursos científico-humanísticos e dos cursos profissionais, e atende ao facto de este último ciclo de ensino, quer para o prosseguimento de estudos, quer para a entrada no mercado de trabalho.

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

Igualdade de Género em Portugal: indicadores-chave 2017

18 Julho, 2017
/ / /
Comments Closed

Igualdade de Género em Portugal: indicadores-chave 2017

A Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género acaba de lançar  “Igualdade de Género em Portugal – Indicadores-chave 2017”, um documento importante para compreender a situação atual de mulheres e homens nos vários setores da sociedade portuguesa.


A Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG), enquanto organismo responsável pela promoção da igualdade entre mulheres e homens, apresenta os indicadores-chave 2017 relativos à igualdade de género em Portugal.
Com este documento, a CIG visa promover e partilhar o conhecimento relativo à situação atual de mulheres e homens em várias áreas da sociedade, nomeadamente na educação, emprego e desemprego, conciliação entre a vida pessoal, familiar e profissional, pobreza, poder e tomada de decisão, violência de género e LGBTI.
A presente edição eletrónica Igualdade de Género em Portugal: indicadores-chave 2017 pretende, num formato mais simples e gráfico, dar seguimento à publicação Portugal situação das mulheres, que a CIG vem difundido desde 1980, e que, após 2002, se passou a intitular Igualdade de género em Portugal.
Destaca-se que a informação aqui contemplada, bem como outros dados considerados de relevo para compreender a situação de mulheres e de homens em Portugal, serão aprofundados noutras publicações eletrónicas regulares que a CIG, a partir deste ano, disponibilizará ao público.

Consulte ou descarregue Igualdade de Género em Portugal: indicadores-chave 2017 »

.

Para mais informações, clique aqui.
Read More

II Encontro Nacional de Jovens Feministas

20 Abril, 2017
/ / /
Comments Closed

II Encontro Nacional de Jovens Feministas

26 a 28 maio – Porto

Uma inciativa que junta jovens ativistas da academia, intervenção e transformação social e outras pessoas jovens interessadas na área dos Feminismos e  da Igualdade de Género para uma reflexão conjunta sobre o significado dos feminismos para as pessoas jovens.
Inscrições até 28 de abril de 2017.


II Encontro Nacional de Jovens Feministas | 26 a 28 maio, Porto
O Encontro Nacional de Jovens Feministas é um evento promovido pela REDE, em parceria com a e-APEM – Rede de investigador@s emergentes em Estudos sobre as Mulheres e cofinanciado pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género através do Apoio Técnico e Financeiro às ONGDM (artigo 9º do Decreto-Lei 246/98, de 11 de agosto).
A edição de 2017 conta ainda com o apoio da Câmara Municipal do Porto.
Esta é uma inciativa que junta jovens ativistas da academia, intervenção e transformação social e outras pessoas jovens interessadas na área dos Feminismos e Igualdade de Género de diferentes espaços e contextos profissionais, pessoais e políticos, para uma reflexão conjunta sobre o significado dos feminismos para as pessoas jovens.
O Encontro proporciona um espaço exclusivo para jovens feministas (até 35 anos de idade), anti-discriminatório e politicamente crítico, que possibilite debates que consideramos vitais, ligados à academia, ao terreno e ao ativismo. O Encontro visa convidar jovens que se identificam como feministas a produzir pensamento crítico sobre a situação atual da Igualdade de Género em Portugal e sobre a sua conceção feminista e jovem da sociedade.
Podes também participar com uma intervenção nos seminários e/ou workshops!
Os seminários temáticos (Poder, Corpo, Identidade e Feminismos) são espaços destinados à apresentação de projetos de investigação ou de intervenção social de forma aprofundada, abertos exclusivamente a jovens. Nos seminários terás 20 a 30 minutos para apresentar ao auditório o teu projeto, podendo utilizar os recursos que consideres mais adequados (power point, prezi, vídeo, etc.). Depois de todas as apresentações, haverá tempo para debate.
Por sua vez, os workshops temáticos são espaços não de apresentação, mas de partilha de conhecimentos. Aqui, terás como papel facilitar a aprendizagem sobre determinado tema que te proponhas trabalhar, através de metodologias participativas, como seja, trabalho em grupo, brainstorming, debate, role play, entre outras. Estes workshops decorrerão de forma paralela em salas com capacidade para 25 pessoas.
O seu objetivo é o de identificar conjuntamente desafios da nossa geração e soluções possíveis. Para fazeres uma apresentação ou dinamizares um workshop basta demonstrares o teu interesse na ficha de inscrição, enviando um resumo da tua intervenção ou workshop. Ou seja, tu decides o tema e como vais apresentar ou dinamizar! 
No pós-encontro, lançaremos uma publicação dos resultados em formato digital, a disseminar amplamente.
Inscrições até 28 de abril de 2017.

Contactos: enjf.rede@gmail.com. Formulário de inscrição aqui
Para mais informações, clique aqui. 
Read More
  • Jogo Educativo – Cidadania 4Kids!

  • UMA FORMA DIVERTIDA DE APRENDER CIDADANIA!

    São jogos, quebra-cabeças, puzzles, sudokus e muito mais!

    100% Português. 100% Solidário.

    Ao COMPRAR está a APOIAR a Associação ACEGIS!

  • ECONOMIA SOCIAL EM DESTAQUE | ATUALIDADEInformação e atualidade no âmbito da Economia Social e Solidária

    Candidaturas Programa Cidadãos Ativ@s

    17 Julho, 2018
    Candidaturas para ONG | Programa Cidadãos Ativ@s O Programa Cidadãos Ativ@s (2018-2024) foi criado na sequência do concurso para a gestão em Portugal do Active Citizens Fund, um fundo destinado a Organizações Não Governamentais (ONG), no âmbito do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu. Estão abertas as candidaturas para Organizações Não Governamentais que desenvolvam proje

    Abertura Candidaturas para Financiamento de Projetos no âmbito do Programa Nacional para a Saúde Mental

    11 Julho, 2018
    Abertura de Candidaturas para Financiamento de Projetos no âmbito do Programa Nacional para a Saúde Mental A Direção-Geral da Saúde abriu 6 concursos para financiamento de projetos no âmbito do Programa Nacional para a Saúde Mental para entidades coletivas privadas sem fins lucrativos. Candidaturas até 25 de julho de 2018. A Direção-Geral da Saúde (www.dgs.pt) […]
38 visitantes ligados agora
0 visitantes, 38 bots, 0 membros