Em Destaque

  • Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social

    A ACEGIS reconhece-se enquanto entidade de referência nas áreas estratégicas da cidadania, inclusão, igualdade de género, empreendedorismo e inovação social. Intervimos ativamente pela construção de uma sociedade mais justa, paritária e inclusiva!

  • Dia Internacional da Juventude: celebrando os jovens construindo paz Atualmente, existem cerca de 1.8 mil milhões de jovens entre os 10 e os 24 anos de idade, cerca de um quarto da população mundial. A maior geração de jovens de sempre na história da humanidade, está nas nossas mãos ajudá-la a tornar-se a geração que […]

Convite para apresentação de candidaturas a Bolsas do Ensino Superior

9 Agosto, 2017
/ / /

Convite para apresentação de candidaturas a Bolsas do Ensino de Ensino Superior a Alunos/as Carenciados/as.

As operações a apoiar enquadra-se no Eixo Prioritário 2 – Reforço do ensino superior e da formação avançada do Programa Operacional Capital Humano (PO CH), incidindo em Bolsas Individuais de Doutoramento e Pós-Doutoramento.
Este apoio visa contribuir para o aumento da percentagem de estudantes apoiados pela Ação Social no ensino superior e atingir os 124.000 estudantes; e de aumentar para 40% a percentagem de pessoas entre os 30-34 anos com formação de nível superior, ou equivalente.
A dotação de Fundo Social Europeu (FSE), a alocar ao presente aviso, é de 84.000.000M€ (oitenta e quatro milhões de euros).
Convite para apresentação de candidaturas à Tipologia de Operação Bolsas Individuais de Doutoramento e Pós-Doutoramento. 
O presente aviso enquadra-se no objetivo especifico do Programa Operacional Capital Humano que visa aumentar o número de diplomados/as do ensino superior, melhoria da qualidade das ofertas e reforço da orientação para as necessidades do mercado de trabalho.
As operações a apoiar enquadra-se no Eixo Prioritário 2 – Reforço do ensino superior e da formação avançada do Programa Operacional Capital Humano (PO CH), incidindo em Bolsas Individuais de Doutoramento (BD), Bolsas de Doutoramento em Empresas (BDE) e Bolsas de Pós-Doutoramento (BPD).
São elegíveis todas as bolsas de doutoramento, doutoramento em empresas e pós-doutoramento em curso no novo período de programação.
Estes apoios deverão estar maioritariamente alinhados com a estratégia nacional para a especialização inteligente (ENEI) ou com outras prioridades políticas nacionais e ainda contribuir para o aumento do número de doutorados e de pós-doutorados no mercado de trabalho não académico, com particular destaque para o tecido empresarial, dotando as pequenas e médias empresas (PME) e as grandes empresas de recursos altamente qualificados que permitam incrementar a exportação de produtos e serviços baseados no conhecimento científico e tecnológico e na criatividade.
Este apoio visa contribuir para o aumento da percentagem de estudantes apoiados pela Ação Social no ensino superior e atingir os 124.000 estudantes,  conformidade à Meta do Plano Nacional de Reformas (PNR) e da Estratégia Europa 2020, nomeadamente com o objetivo de aumentar para 40% a percentagem de pessoas entre os 30-34 anos com formação de nível superior, ou equivalente.
Destinatários/as
São destinatários(as) destas operações pessoas individuais que satisfaçam as condições de acesso necessárias ao ingresso em ciclo de estudos conducente à obtenção do grau académico de doutor (bolsas de doutoramento – BD e bolsas de doutoramento em empresas- BDE) e pessoas individuais detentoras do grau académico de doutor, para realizarem trabalhos avançados de investigação no âmbito de instituições científicas portuguesas de reconhecida idoneidade (bolsas de pós–doutoramento – BPD).
O presente convite para a apresentação de candidaturas é destinado exclusivamente à Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), I.P., enquanto beneficiária responsável pela execução das respetivas medidas de política pública, na aceção prevista no artigo 39.º do Decreto-Lei n.º 137/2014, de 12 de setembro, e nos termos definidos na primeira parte da alínea c) do artigo 23.º do RECH.
O período de candidaturas inicia-se a 09 de Agosto de 2017 e termina a 08 de Setembro de 2017  para alunos/as carenciados/as das regiões de intervenção do POCH, Norte, Centro e Alentejo.

AVISO POCH-68-2017-12
Acesso Balcão 2020 para submissão de candidaturas
As dúvidas ou questões relacionadas com as candidaturas devem ser remetidas para o endereço de correio eletrónico poch@poch.portugal2020.pt, ou para o suporte do Portugal 2020.
Para mais informações, clique aqui.
Read More

Candidaturas Prémio Liberdade Religiosa 2017

4 Agosto, 2017
/ / /

Prémio Liberdade Religiosa” distingue trabalhos na área da aplicação da liberdade religiosa em Portugal

Comissão da Liberdade Religiosa decidiu instituir um prémio anual a trabalhos de investigação científica na área da Liberdade Religiosa em Portugal.
Candidaturas até 15 de outubro de 2017.


Instituído pela Comissão da Liberdade Religiosa, o “Prémio Liberdade Religiosa” é atribuído a trabalhos na área da aplicação da liberdade religiosa em Portugal, com realce para as vertentes teológica, filosófica, jurídica, sociológica.
O prémio tem uma componente monetária, no valor de 5 mil euros, e uma componente de divulgação, assegurada pela publicação do trabalho vencedor em editora à escolha da Comissão da Liberdade Religiosa.
Os trabalhos devem ser do género ensaio, inéditos, redigidos em língua portuguesa, com um pequeno resumo em inglês e/ou francês, em formato “Word”, tipo de letra “Times New Roman”, tamanho 12, espaço 1.5 e 3 cm em todas as margens, e não devem exceder as 50 (cinquenta) páginas.
E podem candidatar-se cidadãos portugueses/as e estrangeiros/as, em nome pessoal, maiores de 18 anos e que residam em Portugal
Formalização de Candidaturas:
Os trabalhos candidatos ao “Prémio Liberdade Religiosa” devem ser expedidos em formato pdf, por correio electrónico, e em papel, até ao dia 15 de outubro de 2017, para a Comissão da Liberdade Religiosa, com sede na Avª Fontes Pereira de Melo, nº 7 a 13º 7º andar esquerdo, 1050-115 Lisboa, e para o seguinte endereço electrónico: clr@clr.mj.pt.
Candidaturas até 15 de outubro de 2017.

Documentos para consulta:

 

Read More

Candidaturas Bolsas de Estudo Estudantes da CPLP – 130 vagas

3 Agosto, 2017
/ / /

Candidaturas Bolsas de Estudo Estudantes da CPLP

Bolsas para Estudantes dos Países CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa da Universidade Lusófona.
Candidaturas até 18 de agosto de 2017.


Encontram-se abertas a primeira fase de candidaturas para bolsas de estudo destinadas a estudantes da CPLP ano lectivo 2017/2018 da Universidade Lusófona – 130 vagas.
Os/as benefícios/as educacionais proporcionados aos alunos com nacionalidade dos países da CPLP fazem parte do projeto da administração da Universidade de apoiar os países da Comunidade Lusófona na formação de quadros superiores de modo a a contribuir para o seu desenvolvimento.
Existem 130 vagas distribuídas pelos Estados membros da CPLP.
Prazos de Candidatura:
  • 1ª fase: de 17 de julho a 18 de agosto
  • 2ª fase: 01 de setembro a 22 de setembro

Mais informações:
Universidade Lusófona – Bolsas CPLP
Prazos de candidatura e vagas – ano letivo 2017/2018
Read More

Lançamento da Saudementalpt, a primeira plataforma de saúde mental e neurológica

14 Julho, 2017
/ / /
Comments Closed

Lançamento da Saudementalpt, a primeira plataforma de saúde mental e neurológica No próximo dia 22 de julho, dia Mundial do Cérebro, vai ser lançada a Plataforma Saudementalpt – a primeira plataforma online que agrega informação e respostas na área da saúde mental e neurológica nacional. Saudementalpt – Plataforma de saúde mental e neurológica nacional.   Lançamento da […]

Read More

Prémio Direitos Humanos 2017 | Assembleia da República

13 Julho, 2017
/ / /
Comments Closed

Prémio Direitos Humanos 2017 | Assembleia da República

Prémio no valor pecuniário de 25 mil euros, que visa reconhecer e distinguir o alto mérito da atividade de organizações não governamentais na divulgação ou promoção do respeito pelos direitos humanos.
Candidaturas abertas até 31 de julho de 2017.

A Associação ACEGIS divulga o Prémio Direitos Humanos da Assembleia da República, edição de 2017.
Prémio no valor pecuniário de 25 mil euros, que visa reconhecer e distinguir o alto mérito da atividade de organizações não governamentais na divulgação ou promoção do respeito pelos direitos humanos.
 O Prémio Direitos Humanos destina-se a reconhecer e distinguir o alto mérito da atividade de organizações não governamentais ou original de trabalho literário, histórico, científico, jornalístico, televisivo ou radiofónico, divulgados em Portugal entre 1 de julho do ano anterior e 30 de junho do ano da atribuição, que contribuam para a divulgação ou o respeito dos direitos humanos, ou ainda para a denúncia da sua violação, no País ou no exterior, da autoria individual ou coletiva de cidadãos portugueses ou estrangeiro.
O Prémio destina-se a galardoar:
– O alto mérito da atividade de ornizações não governamentais; ou
– O trabalho, individual ou coletivo, de cidadãos portugueses ou estrangeiros, designadamente literário, científico, histórico ou jurídico, jornalístico ou audiovisual, qualquer que seja o respetivo suporte, divulgado em Portugal no período a que respeita;
– Que contribua designadamente para:
a) a divulgação ou o respeito dos direitos humanos;
b) a denúncia da sua violação no País ou no exterior.
O Prémio é atribuído a cidadãos (e cidadãs)  portugueses (as)  ou estrangeiros(as)  ou a organizações não-governamentais, sobre os trabalhos e atividades a que se refere o artigo 2.º, independentemente de apresentação de candidatura.
O Prémio é atribuído anualmente pelo Presidente da Assembleia da República, no dia 10 de dezembro, Dia Nacional dos Direitos Humanos, ouvida a Conferência de Líderes, mediante proposta do júri constituído no âmbito da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.
Os trabalhos ou relatos de atividades que sejam objeto de candidatura são apresentados individual ou coletivamente, podendo cada candidatura apresentar mais do que um trabalho, até ao limite de três.
Os mesmos trabalhos ou relatos de atividades devem ser remetidos, em três exemplares, por correio registado, dirigidos ao:
Presidente da Assembleia da República
Prémio Direitos Humanos
Assembleia da República
Palácio de São Bento  1249-068 Lisboa
São admitidos os trabalhos ou relatos de atividades que derem entrada na Assembleia da República até ao dia 31 de julho de cada ano, contando para este efeito a data do respetivo registo postal.
Não são consideradas as candidaturas apresentadas fora do prazo, nem as que não se enquadrem no disposto no artigo 2.º. do regulamento do Prémio.
Findo o período previsto no n.º 3, a lista das candidaturas é divulgada na página da Assembleia da República na Internet, no separador relativo ao Prémio Direitos Humanos.
O Prémio é entregue na Assembleia da República, em cerimónia oficial, no Dia Nacional dos Direitos Humanos.

Candidaturas até ao próximo dia 31 de julho de 2017.​
Regulamento do prémio 
Em 2016, o Prémio Direitos Humanos foi atribuído a António Guterres.
Para mais informações, clique aqui.
Read More

“Tenho uma criança” – Guia completo para futuros e recém pais e mães

5 Julho, 2017
/ / /
Comments Closed

Simplex+ : “Tenho uma criança” – Guia informações para futuros ou recém pais e mães

O guia “Tenho uma Criança” dá informações aos pais sobre a saúde e bem-estar da criança, prestações sociais, direitos laborais ou declarações de rendimentos.

 

Simplex+ : “Tenho uma criança” – Guia informações para futuros ou recém pais e mães
“Tenho uma criança” é uma das medidas do programa Simplex+2016 que reúne, num só guia, toda a informação relevante sobre a paternidade e maternidade nos primeiros anos da criança, seja na área da saúde, prestações sociais, direitos laborais ou declarações de rendimentos.
Está já disponível, no Portal do Cidadão, o guia «Tenho uma criança», destinado a futuros e recém pais e mães, que agrega informação sobre os direitos das grávidas trabalhadoras, licenças parentais e passos necessários ao registo do nascimento de uma criança.
O guia informa ainda sobre os apoios financeiros disponíveis e os benefícios fiscais, ajuda a encontrar um plano sobre vacinação, bem como esclarece sobre educação pré-escolar, entre outras informações relevantes que até aqui estavam dispersas pelos vários serviços públicos.
Desenvolvida pelas áreas governativas da Modernização Administrativa, Finanças, Justiça, Ministro Adjunto, Educação e Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e Saúde, «Tenho uma criança» é uma das medidas do programa Simplex+ 2016.
Para saber mais, consulte: Portal do Cidadão – Tenho uma criança

 

 

Read More

III Edição Escola SOMOS

19 Junho, 2017
/ / /
Comments Closed

III Edição Escola SOMOS

SOMOS – Programa Municipal de Educação para os Direitos Humanos
10 a 15 de julho de 2017 – Escola Secundária de Camões

Escola SOMOS – Programa Municipal de Educação para os Direitos Humanos
A Câmara Municipal de Lisboa, no quadro do SOMOS – Programa Municipal de Educação para os Direitos Humanos, através do Pelouro dos Direitos Sociais, e em parceria com a Escola Secundária de Camões, o Instituto Português do Desporto e da Juventude, a Associação de Apoio à Vítima, a Sons da Lusofonia, Casa Qui, Par – Respostas Sociais e Centro de Vida Independente promove de 10 a 15 de julho de 2017 a III Escola SOMOS.
A terceira edição da Escola SOMOS realiza-se na Escola Secundária de Camões (Liceu Camões) localizado na Praça José Fontana, surgindo como uma forma de capacitar entidades, cidadãs e cidadãos e criar um espaço de encontro e promoção de sinergias, entre diferentes atores e entidades parceiras.
Um espaço privilegiado de desenvolvimento de competências e criação de sinergias em torno da Educação para os Direitos Humanos, para a Cidadania Democrática e para a Educação Não Formal, com seis Formações de Multiplicadores e Multiplicadoras e outras atividades paralelas a acontecer ao mesmo tempo.

A III Escola SOMOS tem como objetivos:
  • Promover o encontro entre diferentes atores envolvidos no SOMOS e no universo da Educação para os Direitos Humanos e Cidadania Democrática em Lisboa;
  • Promover a partilha de experiências, práticas e saberes de entidades da cidade de Lisboa que trabalham no domínio da Educação para os Direitos Humanos e da Cidadania Democrática;
  • Capacitar multiplicadoras e multiplicadores em Educação Não Formal, Educação de Pares, Educação para os Direitos Humanos e Educação para a Cidadania Democrática que trabalhem na cidade, com vista à sua potencial integração na Bolsa de Multiplicadoras e Multiplicadores do SOMOS;
  • Disseminar produtos relevantes no domínio da Educação para os Direitos Humanos e Cidadania Democrática.  
Na III Escola SOMOS promovem-se seis formações em paralelo, de participação gratuita, mediante a inscrição prévia para participação. Qualquer pessoa na cidade de Lisboa pode candidatar-se para cada uma das 6 formações a decorrer na III Escola SOMOS
As e os participantes podem inscrever-se aqui.

 

A Escola inclui também as seguintes actividades não formativas:
Biblioteca Humana (13 de julho) – evento promovido pela APAV;
Buffet das Organizações (11-14 de julho) –  mostra do trabalho desenvolvido por diferentes organizações da cidade. No dia 13 de julho haverá um momento de networking;
Aperitivos e Digestivos (11 a 14 de julho) – serão momentos informais, antes e depois do almoço, de partilha de produtos, boas práticas e experiências por parte de diferentes entidades.

Escola SOMOS , um espaço privilegiado de desenvolvimento de competências e criação de sinergias em torno da Educação para os Direitos Humanos, para a Cidadania Democrática e para a Educação Não Formal, com seis Formações de Multiplicadores e Multiplicadoras e outras atividades paralelas a acontecer ao mesmo tempo.
Inscrições até 25 de junho de 2017.
Para mais informações, clique aqui.

 

Read More

Medida Contrato-Emprego: Segundo período de candidaturas

4 Maio, 2017
/ / /
Comments Closed

Medida Contrato-Emprego

Novo: Prorrogação do Período de candidatura.
Foi alargado o período de candidatura à medida Contrato-Emprego até 16 de junho de 2017.
A medida pretende apoiar as empresas na contratação de desempregados/as, contando com uma dotação orçamental de 20 milhões de euros.


O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) tem em aberto o segundo período de candidaturas à medida Contrato-Emprego.
As empresas que queiram beneficiar de apoios à contratação de desempregados inscritos nos centros de emprego têm até 31 de maio para se candidatarem a uma tranche dos 20 milhões de euros disponíveis. 
A candidatura à medida é efetuada no NetEmprego, através de sinalização de oferta de emprego registada nesse portal (na área pessoal de cada entidade, devendo ser efetuado o registo prévio, caso ainda não esteja registada).
As empresas poderão apresentar candidaturas para as ofertas de emprego apresentadas ao IEFP, no período compreendido entre 4 de março e 24 de maio de 2017, desde que cumpram os requisitos de elegibilidade.
No segundo período de candidatura será também possível formalizar o pedido de Prémio de Conversão de contrato.
Valor dos Apoios
O apoio, tem por base o Indexante de Apoios Sociais (IAS),  no caso de a empresa celebrar um contrato a termo de 12 meses é de 1.263,96 euro (3 IAS) , podendo ir até 3.791,88 euros (9 IAS) se o contrato for sem termo.
O incentivo pode ser majorado em casos concretos. Empresas que convertam contratos a termo em permanentes também podem ter direito a um apoio.
O IEFP disponibiliza na sua página informação sobre o tipo de apoios disponíveis e tem ainda uma linha telefónica, 300 010 001, para prestar informações.
A medida Contrato-Emprego veio substituir o Estímulo-Emprego e, este segundo período de candidaturas, tem dotação orçamental de 20 milhões de euros.
Empresas podem candidatar-se à medida Contrato-Emprego até 16 de junho de 2017.

Documentos para consulta:
aviso de abertura
regulamento
guia de apoio

Para mais informações, clique aqui.
Artigo ACEGIS – Nova medida ativa de emprego: Contrato-Emprego
Read More

Impacto Social 2017 | Ideias para Partilhar

24 Abril, 2017
/ / /
Comments Closed

Impacto Social 2017 | Ideias para Partilhar

Quer fazer parte da Comunidade Impacto Social? 
A Comunidade Impacto Social proporciona um ecossistema para a gestão do impacto. Financiadores e organizações que operam na economia social encontram maior capacidade de gerir os projetos e de demonstrar os seus resultados.
A Comunidade Impacto Social nasce no próximo dia 3 de maio pelas 10h00 horas, no Convento de São Pedro de Alcântara, em Lisboa.

A Comunidade Impacto Social nasce no próximo dia 3 de maio pelas 10h00 horas, no Convento de São Pedro de Alcântara, em Lisboa.
É um ecossistema para a gestão do impacto, onde organizações que operam na economia social encontram maior capacidade de gerir os projetos, de demonstrar os seus resultados – e de partilhar experiências.

 

Ecossistema de Impacto
A Comunidade Impacto Social proporciona um ecossistema para a gestão do impacto. Financiadores e organizações que operam na economia social encontram maior capacidade de gerir os projetos e de demonstrar os seus resultados.
A Comunidade Impacto Social começa por duas etapas: após um período de seleção de organizações, através de webinars (ISweb, de 9 de maio a 30 de junho), iniciam-se análises-protótipo de projetos das equipas/organizações melhor pontuadas (ISprototipagem, de 11 de setembro a 1 de dezembro).
Estas análises são partilhadas num evento internacional (Fórum IS, 5 de dezembro), perante um painel de investidores sociais.

IS_ecossistema

O ISweb desenha o roteiro inicial. Percorre 4 etapas-chave na construção do impacto:
SER: Gestor(a) de Impacto | 9 maio
O impacto de uma organização começa pelas suas pessoas. Termos de referência para gestores de impacto.
CONHECER: Diagnóstico Organizacional | 23 maio
A importância de mapear as capacidades da organização, antes de desenvolver qualquer intervenção.
DESENHAR: Avaliação de Impacto | 6 junho
O que é impacto e porque importa. O papel da avaliação: teoria da mudança ou contrafactual.
PARTILHAR: Comunicação de Evidências | 20 junho
Como partilhar eficazmente, com os vários stakeholders, os resultados e os impactos.

ISweb

 

Os webinars estão abertos a participantes de qualquer organização da Economia Social.
Cada organização pode assistir ao número de webinars que deseje, mediante inscrição. Após cada webinar, é facultado um formulário com questões e desafios, cuja resposta é facultativa.
A participação nos webinars e respetivos desafios é pontuada (ISrating). Os pontos servem para selecionar as organizações que transitam para a fase seguinte (ISprototipagem).


Mais informações em www.impactosocial.pt ou através de info@impactosocial.pt.
Read More

PEJENE tem em aberto 934 vagas para estágios

20 Abril, 2017
/ / /
Comments Closed

PEJENE tem em aberto 934 vagas para estágios | Candidaturas Abertas

Estão disponíveis as candidaturas à 25.ª edição do Programa de Estágios de Jovens Estudantes do Ensino Superior nas Empresas, o PEJENE.
O Programa conta com 934 vagas, tendo atualmente (20 de abril) 903 vagas em aberto.

 

 


O PEJENE é um programa promovido pela Fundação da Juventude, para jovens a frequentar o último e penúltimo ano do ensino superior em todas as áreas académicas.
A 25.ª edição do Programa de Estágios de Jovens Estudantes do Ensino Superior nas Empresas (PEJENE) tem 934 vagas disponíveis, contemplando várias áreas de formação: Comunicação, Publicidade e Marketing, Economia, Gestão de Empresas, Educação, Apoio Administrativo, e Tecnologias de Informação e Comunicação.
As candidaturas estão abertas desde 17 de abril de 2017, e podem candidatar-se ao Programa Jovens estudantes a frequentar o penúltimo ou último ano do ensino superior público, privado e cooperativo (Licenciatura, Mestrado, Mestrado Integrado ou Pós-Graduação).
Os Estágios
Os estágios terão a duração de 2 a 3 meses, devendo decorrer entre julho e setembro de 2017.
O PEJENE tem como função integrar o/a estagiário7a numa entidade de acolhimento, desenvolvendo tarefas específicas de acordo com um Plano de Estágio previamente elaborado de acordo com a área de formação do estagiário.
Os estágios decorrem sob a supervisão de um tutor técnico (profissional experiente da entidade de acolhimento) que, no final do mesmo, elaborará um relatório de avaliação final.
Aos jovens estagiários/as do PEJENE será atribuído um Certificado de Estágio, emitido conjuntamente pela Fundação da Juventude e por todas as entidades copromotoras do Programa, documento esse que será entregue até ao final do mês de novembro de 2017.

Candidaturas – a partir de 17 de abril

Cada estudante pode candidatar-se até 2 vagas de estágio, de acordo com as suas preferências. No entanto, a pré-seleção fica condicionada aos requisitos exigidos pela empresa/entidade de acolhimento.
As vagas, à medida que são preenchidas deixam de estar disponíveis online, pelo que deverá submeter a sua candidatura com a maior brevidade possível.
No ato da candidatura os estudantes devem submeter um comprovativo de como estão a frequentar o último ou penúltimo ano do ensino superior. Caso não entreguem esse mesmo comprovativo, a candidatura não será validada.

Consulte a Lista de Vagas para Estágio em https://goo.gl/lgWLzF
Candidaturas: https://goo.gl/QxWxx3
Para mais informações, clique aqui.
Read More

EQUINET | Candidaturas para Estudo sobre os Organismos Nacionais para a Igualdade

20 Abril, 2017
/ / /
Comments Closed

EQUINET: Candidaturas para Estudo sobre os Organismos Nacionais para a Igualdade

Candidaturas até 2 de maio de 2017.
Submission deadline: 2 May 2017


A EQUINET – European Network of Equality Bodies (Rede Europeia de Organismos para a Igualdade) pretende adjudicar a realização de um estudo sobre a evolução dos mandatos e recursos dos organismos para a igualdade europeus, ao longo da última década.
Com o estudo “Investir em igualdade: uma década de mudança para os organismos para a igualdade”, pretende-se conhecer o modo como evoluíram os mandatos e recursos destes organismos nacionais e aferir se existe alguma correlação positiva entre eles.
A fase de apresentação de propostas termina a 2 de maio de 2017.
Consulte aqui os Termos de Referência.
Para mais informações, clique aqui.

 

 

Read More

Gabinete de Apoio à Vítima para Juventude LGBTI

23 Fevereiro, 2017
/ / /
Comments Closed

Gabinete de Apoio à Vítima para Juventude LGBTI

Foi criado um novo serviço especializado de apoio à vítima  a juventude Lésbica, Gay, Bissexual, Trans ou Intersexo (LGBTI) pela Casa Qui.
Serviço gratuito!


O Gabinete de Apoio à Vítima da Casa Qui é um serviço especializado para a juventude lésbica, gay, bissexual, trans ou intersexo (LGBTI) que dá apoio em situações de violência familiar, violência no namoro, bullying na escola ou de crise/vulnerabilidade. Este serviço é gratuito.
Caso necessite(s) da nossa ajuda basta preencher este formulário ou contactar-nos por telefone:
Telefone: 96 008 11 11
Horário de Atendimento:
2ª a 6ª feira das 10h-18h
Este é um serviço gratuito que surge por via do apoio da Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade, da Vereação dos Direitos Sociais da Câmara Municipal de Lisboa e da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.

A Casa Qui foi criada para procurar garantir que esta população recebe respostas adequadas na área da saúde mental, da ação social e da educação, que lhes permitam uma verdadeira igualdade de oportunidades.
Hoje é um projeto que procura disponibilizar já um conjunto de serviços de suporte à população lésbica, gay, bissexual, trans ou intersexo.

 

Mais informações, aqui.

 

 

Read More
  • Jogo Educativo – Cidadania 4Kids!

  • UMA FORMA DIVERTIDA DE APRENDER CIDADANIA!

    São jogos, quebra-cabeças, puzzles, sudokus e muito mais!

    100% Português. 100% Solidário.

    Ao COMPRAR está a APOIAR a Associação ACEGIS!

  • ECONOMIA SOCIAL EM DESTAQUE | ATUALIDADEInformação e atualidade no âmbito da Economia Social e Solidária

    Dia Internacional da Juventude: celebrando os jovens construindo paz

    11 Agosto, 2017
    Dia Internacional da Juventude: celebrando os jovens construindo paz Atualmente, existem cerca de 1.8 mil milhões de jovens entre os 10 e os 24 anos de idade, cerca de um quarto da população mundial. A maior geração de jovens de sempre na história da humanidade, está nas nossas mãos ajudá-la a tornar-se a geração que […]

    Pós-Graduação em Empreendedorismo e Inovação

    10 Agosto, 2017
    1.ª Edição da Pós-Graduação em Empreendedorismo e Inovação no ISCSP – Universidade de Lisboa Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – ISCSP  As candidaturas à Pós-Graduação do ISCSP para o ano letivo de 2017-2018 encontram-se abertas até ao dia 30 de setembro de 2017. 1.ª Edição da Pós-Graduação em Empreendedorismo e Inovação no ISCSP […]
27 visitantes ligados agora
1 visitantes, 26 bots, 0 membros