Economia Social – Últimas Notícias

  • Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social

    A ACEGIS reconhece-se enquanto entidade de referência nas áreas estratégicas da cidadania, inclusão, igualdade de género, empreendedorismo e inovação social. Intervimos ativamente pela construção de uma sociedade mais justa, paritária e inclusiva!

  • No dia 17 de maio celebra-se o Dia Mundial de Luta Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia | IDAHOT – International Day Against Homophobia and Transphobia. Hoje o mundo lembra o Dia Internacional contra a Homofobia e a Transfobia, data na qual, em 1990, a Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a homossexualidade da Classificação […]

Programa FACES – Financiamento e Apoio para o Combate à Exclusão Social

23 Maio, 2018
/ / /

Abertura de candidaturas para a 2.ª Edição do Programa FACES - Financiamento e Apoio para o Combate à Exclusão Social.

A apresentação das candidaturas para o programa FACES – Financiamento e Apoio para o Combate à Exclusão Social decorre entre 3 de maio e 15 de junho de 2018.

2.ª edição do Programa FACES

Uma iniciativa social desenvolvida pela Fundação Montepio, que surge para dar resposta ao financiamento de projetos de intervenção social que promovam a empregabilidade das pessoas com deficiência através de iniciativas que facilitem a aproximação ao mercado de trabalho, a inclusão de crianças e jovens em situações de risco ou respostas inclusivas para famílias vulneráveis e pessoas sem-abrigo.
Esta linha de financiamento pretende valorizar iniciativas inovadoras e que apresentem condições de sustentabilidade, procurando reconhecer o trabalho realizado em parceria por organizações em todo o território nacional.
Podem candidatar-se ao FACES entidades da economia social legalmente constituídas em Portugal. No entanto, os projetos podem contar com parcerias realizadas com entidades privadas e/ou públicas.

 

 

Candidaturas

As candidaturas ao financiamento do FACES são apresentadas no site da Fundação Montepio, onde também se encontra o regulamento  e o portal para submissão das candidaturas. Para submeter a candidatura é necessário estar registado na plataforma FACES.
 As candidaturas são apresentadas no período compreendido entre 3 de maio e 15 de junho de 2018.  Os resultados são publicados no endereço da internet da Fundação Montepio no dia 17 de setembro de 2018.

Na 1.ª edição do FACES, em 2017, foram apoiados 18 projetos de combate à exclusão social, num total de 278 648 euros atribuídos.

Para esclarecer qualquer questão que surja no preenchimento do Formulário de Candidatura, poderá contactar a Fundação Montepio através:
E-mail: montepio.faces@sairdacasca.com 
Telefone: 912 218 074 disponível de segunda a quarta-feira, entre as 9h30 e as 13h.
Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

Portugal Inovação Social: €5 milhões de euros para financiar projetos de empreendedorismo e inovação social

16 Maio, 2018
/ / /

Portugal Inovação Social: são €5 milhões de euros para financiar projetos de empreendedorismo e inovação social

A Portugal Inovação Social abre pela terceira vez candidaturas a títulos de impacto social. Apoio a projetos inovadores nas áreas da proteção social, emprego, justiça, saúde e inclusão digital.

Portugal Inovação Social tem, desde 9 de maio, candidaturas abertas para financiar projetos inovadores orientados para ganhos de eficiência na prestação de serviços públicos e na resolução de problemas sociais, nomeadamente na área da Inclusão Digital.

São 5 milhões de euros que ficaram disponíveis para apoiar, através de Títulos de Impacto Social, a realização de projetos de inovação social que deverão atuar nas áreas da Inclusão Digital, Proteção Social, Emprego, Justiça ou Saúde.

 

O que são os Títulos de Impacto Social (TIS)

Os Títulos de Impacto Social (TIS) destinam-se a apoiar projetos inovadores que respondam a problemas sociais prioritários da competência da política pública, numa lógica de pagamento por resultados.

O projeto é implementado por uma ou mais entidades privadas e financiado por um ou vários/as investidores/as sociais, propondo-se alcançar determinados resultados sociais mensuráveis, cujos indicadores e métricas devem ser previamente validados pela Entidade Pública responsável pela política setorial.

Se esses resultados contratualizados em candidatura forem alcançados, os/as investidores/as sociais são integralmente reembolsados.

O risco de insucesso está, por isso, do lado dos/as investidores/as sociais que suportam inicialmente os custos necessários à implementação do projeto.

Podem ser investidores/as sociais empresas privadas, Fundações e Associações, bem como consórcios de várias destas entidades.

Apresentação de Candidaturas

A apresentação das candidaturas decorre em contínuo, encontrando‐se aberto o concurso a partir das 09:00h do dia  9 de maio de 2018.  

Na Plataforma de Formulários da Portugal Inovação Social podem ser descarregados ou preenchidos os vários formulários e documentos necessários à candidatura, bem como aceder às Perguntas Mais Frequentes (FAQ’s)

Está também disponível um Guia de Apoio à Candidatura. Recomenda-se o uso deste Guia na preparação da candidatura, após a leitura atenta do aviso de abertura de candidaturas e dos documentos a submeter. Este Guia de Apoio é indicativo. No caso de existir qualquer inconsistência, tem prevalência a informação constante do aviso de abertura de candidaturas.

Em caso de dúvidas após a leitura do guia de apoio, pode contactar-nos por e-mail através de geral@inovacaosocial.portugal2020.pt.

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

Portugal Economia Social 2018| Encontro do Empreendedorismo e Inovação Social

14 Maio, 2018
/ / /

Portugal Economia Social o maior evento de empreendedorismo e inovação social do país

A 3ª edição do Portugal Economia Social realiza-se nos dias 23 e 24 de Maio no Centro de Congressos de Lisboa, com entrada livre.

Estimular o Empreendedorismo e a Inovação Social e promover a Economia Social Solidária | Lisboa, 23 e 24 de maio

A próxima edição da iniciativa Portugal Economia Social vai ter lugar no Centro de Congressos de Lisboa, nos dias 23 e 24 de maio de 2018.

Sabia que Portugal foi o primeiro país da Europa a reservar parte dos fundos estruturais europeus para a área da inovação social?
No nosso país, o sector social é o segundo maior “empregador” nacional, com cerca de 260 mil trabalhadores em instituições, associações, IPSS, ONG’s, mutualistas, colectividades, cooperativas, misericórdias e fundações.
Neste contexto surge o Portugal Economia Social enquanto evento empenhado em promover e debater a Economia Social Solidária e estimular uma Economia Social Sustentável, através de um encontro com duas vertentes: o Fórum de Debate e uma mostra de produtos e soluções para o sector.

 

Mostra de Produtos e Serviços de Apoio
Nova área para empresas e entidades que se destacam pela inovação dos seus produtos e serviços na ajuda a diferentes públicos com necessidades diversas.
Uma interacção em permanência com quem necessita. Aposte connosco!
Municípios e a Inclusão Social
Mostra de Municípios que defendem um território mais Inclusivo, que promovem o Envelhecimento Activo e a Mobilidade e defendem Respostas Sociais adaptadas e Boas Praticas. Uma oportunidade para:
Dar visibilidade aos projectos sociais inovadores;
Mostrar a importância do poder local;
Debater as políticas públicas de desenvolvimento
Na sequência do sucesso do ano passado, o Social Innovation Shaker será novamente aposta no Fórum Debate do evento, com a apresentação de negócios sociais à procura de investimento, assim como de cinco projectos estrangeiros. A grande novidade será a presença na iniciativa de três investidores internacionais do sector da economia social.
Existem cerca de 61 mil entidades envolvidas na Economia Social. Torna-se, portanto, fulcral explorar a questão do financiamento. Assim, no Portugal Economia Social poderá assistir à Conferência “Financiamento e Inovação Social”, ideal para a obtenção de informação sobre as candidaturas para projectos co-financiados na área e também quais os benefícios fiscais para os Investidores Sociais.
Outra das novidades será a apresentação do “Guia de Boas Práticas de Acessibilidade – Comunicação Inclusiva em Monumentos Museus e Palácios”, um trabalho do Turismo de Portugal e da Direcção Geral do Património Cultural que visa a promoção de experiências de turismo mais inclusivas.
Num contexto pedagógico e interactivo o evento irá criar um espaço de experiências denominado “Viver a Diferença” onde será possível vivenciar algumas das dificuldades que pessoas com algumas incapacidades têm de superar.

 

Ajudar a cadeia da Economia Social a dar novas respostas é a missão principal do Portugal Economia Social, que fará convergir no mesmo espaço os municípios, as empresas e os investidores, um local de networking e partilha de conhecimentos e ideias com vista ao crescimento qualitativo do sector.

 

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

II Curso de Formação Avançada | Género, Orientação Sexual e Desigualdades

11 Maio, 2018
/ / /

II Curso de Formação Avançada | Género, Orientação Sexual e Desigualdades

O Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais (CICS.Nova-UMinho) encontra-se a organizar o II Curso de Formação Avançada - Género, Orientação Sexual e Desigualdades, que decorrerá entre 28 de maio e 2 de julho 2018, na Universidade do Minho.
As inscrições são limitadas e deverão ser feitas até ao dia 14 de maio de 2018 através do Formulário de Inscrição.
O II Curso de Formação Avançada promovido pelo Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais – Polo da Universidade do Minho tem como tema Género, Orientação Sexual e Desigualdades.
Contempla quatro módulos multidisciplinares, centrados na transmissão dos instrumentos concetuais necessários à compreensão de cada uma das temáticas abordadas, ao diagnóstico de problemas e à elaboração de estratégias de intervenção/melhoria.
Objetivos da Formação
Esta formação avançada pretende ser uma proposta formativa suplementar para estudantes de pós-graduação, investigadores/as e profissionais das ciências sociais.
Pretende proporcionar um conjunto de conhecimentos que permita identificar e diagnosticar situações de desigualdade e/ou discriminação em função do género e da orientação sexual e elaborar estratégias de intervenção destinadas à sua redução ou eliminação.

O curso decorre entre 28 de maio e 2 de julho e contempla quatro módulos multidisciplinares:
Módulo 1: Género e Comunicação (28 de maio);
Módulo 2: Género, Trabalho e Vida Privada (11 de junho);
Módulo 3: Violências nas relações de intimidade (21 de junho);
Módulo 4: Orientação sexual, identidade de género e não discriminação (2 de julho).
Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

Abertura de Candidaturas a Mediadores Municipais e Interculturais

8 Maio, 2018
/ / /

Abertura de candidaturas a Mediadores Municipais e Interculturais - Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (PO ISE)

Decorre até 14 de Junho de 2018 o período para apresentação de candidaturas ao Projeto de mediadores municipais e interculturais.

A Autoridade de Gestão do PO ISE – Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, informa que, no âmbito do AVISO N.º POISE-33-2018-06 - “Projeto de mediadores municipais e interculturais”  (TO 3.09), encontra-se a decorrer, até às 18:00 horas do dia 14 de junho de 2018, o período para apresentação de candidaturas à tipologia de operações em questão.
Este aviso destina-se à criação de Equipas de Mediação Intercultural facilitadoras da integração das Comunidades Migrantes e das Comunidades Ciganas, nas regiões do Norte, Centro e Alentejo.
São elegíveis as ações que visem promover a criação de equipas de mediadores interculturais e de intervenção municipal dirigida à integração das comunidades imigrantes e das comunidades ciganas.
As candidaturas apresentadas no âmbito do presente concurso têm uma duração de 36  meses.

Entidades Beneficiárias: Administração Local  Associações de  Migrantes e das  Comunidades Ciganas
São  beneficiárias  do  presente aviso pessoas coletivas de direito público pertencentes à administração local e  as  associações  da  sociedade  civil  (preferencialmente  associações  de  migrantes  e  das  comunidades ciganas).
As candidaturas são apresentadas obrigatoriamente em parceria assumindo a autarquia local o papel de coordenadoras da parceria. 

 

Procedimento para apresentação das candidaturas
A apresentação de candidaturas é efetuada através da submissão de formulário electrónico  no Balcão do Portugal 2020 .
Previamente à apresentação das candidaturas, os beneficiários devem  efetuar o seu registo e autenticação no  Balcão  2020.
Com  essa  autenticação é criada uma área reservada para o beneficiário, a qual  conta com um conjunto de funcionalidades independentemente da natureza das operações, a região ou o Programa Operacional a que pretende candidatar‐se.
As autarquias locais assumem‐se como coordenadoras da Parceria no âmbito da presente tipologia de operações. As associações da sociedade civil indicam os/as candidatos/as a mediadores/a e promovem o seu recrutamento (processo no qual a autarquia local também deverá participar), assegurando igualmente a sua contratação.

A dotação financeira indicativa afeta ao presente concurso é de 3.500.000€ (três milhões  e quinhentos mil euros). 

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

GovTech: O concurso que procura ideias com impacto social

3 Maio, 2018
/ / /

GovTech: O concurso do Governo que procura ideias com impacto social

A iniciativa quer desafiar empreendedores a apresentarem projectos inovadores com impacto social e responder aos 17 objectivos de desenvolvimento sustentável da ONU.
Há três prémios de 30.000 euros para as ideias mais inovadoras que abracem um dos 17 desafios da Agenda 2030 da ONU.

GovTech: Mudar o Mundo só depende de nós

O GovTech é uma iniciativa do Governo que tem como objetivo premiar e apoiar produtos e serviços inovadores, criados por startups, que se enquadrem à solução de um dos 17 “Sustainable Development Goals” (SDG) das Nações Unidas, numa resposta nacional aos desafios que se colocam por cá e no mundo
Submissão das candidaturas entre 2 de maio e 8 de junho de 2018.

O  concurso destina-se a todos/as  os/as  interessados/as  que tenham protótipos funcionais de produtos ou serviços que se enquadrem no setor público ou no setor privado com um modelo de negócio associado.
Podem submeter candidaturas todos/as os/as cidadãos com mais de 18 anos de qualquer nacionalidade, com ou sem residência em Portugal. Podem ainda ser pessoas coletivas constituídas há menos de 5 anos.

 

Como Participar

Para participares tens de criar uma conta no site do GovTech com Cartão de Cidadão ou Chave Móvel Digital. Se não tens leitor de cartões, pede aqui a tua Chave Móvel Digital.
Só é possível submeter candidaturas e votar através da conta.
Na candidatura terás de apresentar:
Título
Descrição
Vídeo de apresentação
Link/ imagem/ esquema técnico do protótipo
Documento com o modelo de negócio que pensaste para o teu produto ou serviço.
PRÉMIOS
Os prémios para cada um dos/as 3 vencedores/as, são:
30.000€;
Protocolo de colaboração com o Estado para desenvolver e testar o produto ou serviço;
Espaço em incubadora nacional;
Apoio à internacionalização;
Acesso a 2 bilhetes Alpha para o Websummit e a possibilidade de expôr o produto ou serviço durante um dia no evento.

Podes inspirar-te em exemplos de negócios já existentes no âmbito dos SDG na plataforma da Global Opportunity Explorer.

A seleção dos 6 protótipos finalistas será feita no site do GovTech entre 25 de junho e 15 de setembro com a moeda virtual “GOVTECH”.

Candidaturas

As candidaturas já estão abertas e podem ser apresentadas até 08 de junho, exigindo sempre a utilização da autenticação digital do Cartão de Cidadão, ou da Chave Móvel Digital.
Os créditos na "moeda" GOVTECH vão permitir também ao público aceder aos "fundos" para financiar os melhores projectos.
Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

Abertura da segunda fase de candidaturas aos Estágios Profissionais

2 Maio, 2018
/ / /

Abertura da segunda fase de candidaturas aos Estágios Profissionais do IEFP

Encontra-se aberto o segundo período de candidaturas à medida Contrato-Emprego com uma dotação orçamental de 45 milhões de euros, prevendo apoiar cerca de 8.400 estágios profissionais.
O período de candidaturas da segunda fase decorre entre as 9h desta quarta-feira e as 18h do dia 1 de junho e a candidatura aos Estágios Profissionais é feita pela entidade, no portal do IEFP.
Abertura do segundo período de candidatura de 2018 da medida Estágios Profissionais.
As candidaturas à segunda fase dos Estágios Profissionais arrancam esta quarta-feira, com uma dotação orçamental de 45 milhões de euros, prevendo apoiar cerca de 8.400 estágios, segundo o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).
Os estágios têm a duração de nove meses e dirigem-se a desempregados/as inscritos/as  no IEFP. Podem candidatar-se pessoas singulares ou coletivas, do setor privado, com ou sem fins lucrativos.

De acordo com o o aviso de abertura, a dotação orçamental afeta ao segundo período de candidaturas é de 45 milhões de euros, dos quais 16 milhões para a região Norte, 13,5 milhões para Lisboa e Vale do Tejo, 10,5 milhões para o Centro, 2,8 milhões para o Alentejo e 2,2 milhões para o Algarve.
Aos Estágios Profissionais podem candidatar-se pessoas singulares ou coletivas, do setor privado, com ou sem fins lucrativos e as candidaturas são aprovadas tendo em conta vários critérios, até ao limite da dotação orçamental.
Os estágios têm a duração de nove meses e dirigem-se a desempregados inscritos no IEFP, sobretudo jovens entre os 18 e os 30 anos de idade ou desempregados de longa duração (há mais de doze meses no desemprego), entre outras situações.
Os estagiários têm direito a uma bolsa mensal, que varia em função do seu nível de qualificação. O IEFP apoia no pagamento da bolsa (suporta 65% ou mais destes valores, dependendo da tipologia do destinatário e do promotor) e a entidade empregadora cobre a parte restante dos custos.
Durante este período de candidatura será possível formalizar o pedido de Prémio ao Emprego, apoiando a celebração de contratos de trabalho sem termo, com ex-estagiário, relativos à contratação de ex-estagiários das medidas Estágios Emprego, Estágios de Inserção e REATIVAR.

Candidaturas no âmbito da Medida Contrato-Emprego

A candidatura à medida é efetuada pela entidade, no portal iefponline, na área pessoal de cada entidade, devendo ser efetuado o registo prévio, caso ainda não esteja registada.
o período de candidatura decorre entre as 9h00 do dia 2 de maio e as 18h00 do dia 1 de junho de 2018, nos termos do aviso de abertura. Tem uma dotação orçamental de 45 milhões de euros, prevendo-se apoiar cerca de 8.400 estágios.
Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

Candidaturas ao Prémio Maria José Nogueira Pinto decorrem até 30 abril

24 Abril, 2018
/ / /
Comments Closed

Candidaturas ao Prémio Maria José Nogueira Pinto decorrem até 30 abril

Estão abertas as candidaturas ao prémio Maria José Nogueira Pinto. O prémio pretende ser um incentivo ao reconhecimento do que se faz de bem em Portugal na área da Responsabilidade Social.
A MSD lança a 6ª Edição do Prémio Maria José Nogueira Pinto, uma vez mais, para distinguir o que se faz de bem em Portugal na área da responsabilidade social.
O prazo de candidatura é de 1 de Março a 30 de Abril de 2018. As candidaturas só poderão ser efectuadas online, neste website, durante o período acima referido.

Prémio Maria José Nogueira Pinto é atribuído anualmente e tem o valor monetário de 10.000€ (dez mil euros). Serão ainda atribuídas três Menções Honrosas no valor monetário de 1.000,00€ (mil euros) cada.
O Prémio visa reconhecer o trabalho desenvolvido por pessoas, individuais ou coletivas, que se tenham destacado no âmbito de ações de responsabilidade social, em território nacional.
O Prémio Maria José Nogueira Pinto será entregue a 5 de Julho de 2018, em cerimónia pública e em local e hora a designar.
Candidaturas:
Os/as  candidatos/as deverão suportar a candidatura através de documentação que prove a sua integração no espírito que preside ao Prémio Maria José Nogueira Pinto.
O prazo para apresentação das candidaturas decorre de 1 de Março a 30 de Abril de 2018 e as candidaturas podem ser submetidas através da ficha de candidatura digital que se encontra no Website oficial do Prémio.

 

O Prémio Maria José Nogueira Pinto, instituído pela MSD, em 2012, visa homenagear e evocar o trabalho desenvolvido por Maria José Nogueira Pinto, em especial, no contexto da responsabilidade social. 
O Prémio será atribuído no dia 5 de julho de 2018, em cerimónia pública, em local e hora a definir.
Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

Abertura de candidaturas ao Programa BIP/ZIP Lisboa 2018

24 Abril, 2018
/ / /
Comments Closed

Abertura de candidaturas ao Programa BIP/ZIP Lisboa 2018

Estão abertas as candidaturas à 8ª edição do programa municipal BIP/ZIP, a nova edição do programa tem como orçamento 1,6M€.
Estão abertas as candidaturas à 8ª edição do programa municipal BIP/ZIP, que desde 2011 já apoiou 270 projetos de desenvolvimento local. A nova edição do programa tem como orçamento 1,6M€, e as candidaturas estarão abertas durante trinta dias, na plataforma on-line.

O Programa visa promover o desenvolvimento local fomentando a cidadania ativa e capacidade de autoorganização das comunidades, melhorar a coesão social e territorial com vista a uma cidade mais inclusiva e integrada e reforçar a capacidade da iniciativa local dos territórios.
Os projetos devem visar Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária em Lisboa e trabalhar as temáticas: melhorar a vida no Bairro, inclusão e prevenção, promoção da cidadania, empreendorismo, reabilitação e requalificação de espaços.
Cada candidatura deve ser apresentada por pelo menos 2 parceiros e tem de obedecer às Regras do Programa dos BIP/ZIP.
As candidaturas são exclusivamente online e podem ser apresentadas até às 17h00 do dia 07 de maio de 2018, devendo ser enviado por correio registado para a Equipa BIP/ZIP, o documento em papel relativo à candidatura submetida online e os respetivos anexos, até ao dia 14 de maio.
Este documento deverá ser rubricado e assinado pelos representantes legais de todas as entidades (promotoras e/ou parceiras). Os elementos de consulta estão disponíveis on-line no rodapé da página de abertura da Plataforma http://bipzip.cm-lisboa.pt e no site do Programa Local de Habitação.
Todas as entidades devem estar registadas e com informação atualizada na plataforma BIP/ZIP antes de iniciar a elaboração de candidatura on-line.
 
Todas as entidades devem estar registadas e com informação atualizada na plataforma BIP/ZIP antes de iniciar a elaboração de candidatura on-line.
Para qualquer esclarecimento adicional que entenda por necessário, poderá contactar a Equipa BIP/ZIP, da Divisão de Apoio a Intervenções Locais (DAIL), através do email bip.zip@cm-lisboa.pt ou para o seguinte telefone fixo: 21 798 92 46 / 88 14 (das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00).
Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

Prémio BPI Seniores 2018 | candidaturas até 29 de abril

18 Abril, 2018
/ / /
Comments Closed

6ª edição do Prémio BPI Seniores

Estão abertas as candidaturas à 6ª edição do Prémio BPI Seniores, um prémio anual de 750 mil euros para apoiar projetos que promovam a melhoria da qualidade de vida e o envelhecimento ativo e saudável de pessoas com idade superior a 65 anos.

Prémio BPI Seniores 2018

Encontram-se abertas, até 29 de abril, as candidaturas à 6ª edição do Prémio BPI Seniores.
O Prémio BPI Seniores tem como objetivo apoiar projetos que promovam a melhoria da qualidade de vida e o envelhecimento ativo e saudável de pessoas com idade superior a 65 ano.
A dotação global do Prémio BPI Seniores 2018 é de 750.000,00 euros.

O valor total do donativo atribuído ao Prémio BPI Seniores será de 750.000,00€, com um 1.º prémio cujo montante poderá ir até 200.000,00€ e menções honrosas até 50.000,00€ cada. Os/as vencedores/as serão anunciados/as no dia 1 de outubro de 2018 (data sujeita a confirmação).
As candidaturas decorrem destinando-se a todas as instituições privadas sem fins lucrativos, com sede em Portugal, cujos projetos envolvam a integração social e a promoção da qualidade de vida dos mais velhos. 
Cada entidade promotora apenas se poderá candidatar a um dos Prémios BPI - Prémio BPI Seniores, Prémio BPI Solidário (as candidaturas decorreram até 18 de fevereiro de 2018) ou Prémio BPI Capacitar (candidaturas de 29 de junho a 29 de julho de 2018).

 

Contactos: premiobpiseniores@bancobpi.pt 800 22 33 44 (disponível das 8h às 20h)
Criado em 2013, o Prémio BPI Seniores já atribuiu 3 milhões de euros em donativos, distribuídos por 134 projetos de Norte a Sul do País e Ilhas.
Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

7.ª edição do Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio

3 Abril, 2018
/ / /
Comments Closed

7.ª edição do Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio

Pelo 7.º ano consecutivo, a CASES lança mais uma edição do Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio, uma forma pública e solene de homenagear as pessoas singulares e coletivas que mais se tenham distinguido em domínios relevantes para a economia social.
O Prémio consiste na atribuição de uma prestação pecuniária no montante de 3.000€ para cada uma das categorias do concurso.

Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio

O Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio tem natureza simbólica, constituindo uma forma pública e solene de homenagear as pessoas singulares e coletivas que, em cada ano, mais se tenham distinguido na implementação e difusão de projetos inovadores e sustentáveis, na produção de estudos e trabalhos de investigação, na oferta formativa de nível pós-graduado, na realização de trabalhos de âmbito escolar e na publicação de trabalhos jornalísticos em domínios relevantes para a Economia Social.
Este ano, a edição traz uma novidade, ao incorporar uma nova categoria, Trabalhos Jornalísticos, destinada a galardoar um/a jornalista, de nacionalidade portuguesa, autor/a de trabalho publicado acerca de um tema diretamente associado à economia social.

O Prémio é atribuído nas seguintes categorias:
a) Inovação e Sustentabilidade: visa premiar entidades da Economia Social que se tenham distinguido pelo desenvolvimento de projetos com abordagens e soluções inovadoras e sustentáveis para uma questão socioeconómica (ou ambiental).
b) Estudos e Investigação: visa premiar pessoas ou entidades autoras de estudos e trabalhos de investigação no âmbito da Economia Social, designadamente, trabalhos sobre Cooperativas, Mutualidades, Fundações, Associações, Misericórdias e IPSS ou trabalhos transversais dentro do sector da Economia Social.
c) Formação Pós-Graduada: visa premiar instituições de ensino superior que se tenham distinguido pela qualidade da sua oferta formativa de nível pós-graduado (incluindo especializações, pós-graduações, mestrados e doutoramentos) no âmbito da Economia Social.
d) Trabalhos de Âmbito Escolar: visa premiar trabalhos da comunidade escolar, ao nível do primeiro, segundo e terceiro ciclos do ensino básico, ensino secundário e profissional, que envolvam alunos e professores na vivência e difusão de teorias e práticas de Economia Social.
e) Trabalhos Jornalísticos: destina-se a galardoar um(a) jornalista, de nacionalidade portuguesa, autor(a) de trabalho jornalístico publicado acerca de um tema diretamente associado à economia social.
 
O Prémio consiste na atribuição de uma prestação pecuniária no montante de 3.000€ para cada uma das categorias referidas.
O Prémio é também uma das iniciativas que a CASES dinamizará em 2018 no tributo a António Sérgio pelo cinquentenário da sua morte.
 
O período para submissão de candidaturas é de 2 de maio a 30 de junho de 2018.
 O formulário de candidatura deverá ser acedido e preenchido através do sítio da CASES e os anexos deverão ser remetidos à CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social, por via eletrónica, para o endereço premio@cases.pt.
Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More

Abertura de candidaturas projetos inovadores nas áreas da inclusão social e do emprego

13 Março, 2018
/ / /
Comments Closed

Abertura de candidaturas ao instrumento de financiamento Parcerias para o Impacto nas áreas da inclusão social e emprego

Estão abertas, até 10 de maio de 2018, o período para apresentação de candidaturas ao instrumento de financiamento "Parcerias para o Impacto". São 7 milhões de euros destinados a apoiar projetos inovadores nas áreas da inclusão social e do emprego.
As candidaturas devem ser feitas através de registo no Balcão do Portugal 2020 e na Plataforma de Formulários da Portugal Inovação Social.
A Portugal Inovação Social abriu candidaturas ao instrumento de financiamento Parcerias para o Impacto, destinado a apoiar, com um total de 7 milhões de euros, projetos inovadores nas áreas da inclusão social e do emprego. As candidaturas estão abertas até dia 10 de maio de 2018.

Com a abertura deste concurso, pretendemos apoiar a implementação, crescimento ou expansão de iniciativas de inovação e empreendedorismo social, ou seja, iniciativas que estejam a procurar mitigar ou solucionar, de forma criativa e diferente dos modelos tradicionais, problemas que afetam a nossa sociedade, sobretudo os grupos mais vulneráveis da população.
Entidades Beneficiárias Elegíveis
São consideradas entidades beneficiárias elegíveis as organizações que integram a Economia Social, designadamente: cooperativas; associações mutualistas; misericórdias; fundações; entidades com o estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social; associações; entidades abrangidas pelos subsetores comunitário e autogestionário.
Este instrumento de financiamento específico apoia estes projetos através de um modelo de cofinanciamento em que 30% do custo total do projeto deve ser assegurado por investidores sociais, sejam eles empresas, entidades da economia social ou entidades públicas, garantido a Portugal Inovação Social, através do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, os restantes 70%.
Este modelo de cofinanciamento tem como objetivo criar práticas de investimento social que tragam novos atores – públicos e privados – e maior escala ao financiamento destes projetos.

Candidaturas

As candidaturas estão abertas até às 18h00 do dia 10 de maio de 2018 e devem ser efetuadas através do registo no Balcão do Portugal 2020 e na nova Plataforma de Formulários da Portugal Inovação Social.
Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 13.305 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social
Read More
  • Jogo Educativo – Cidadania 4Kids!

  • UMA FORMA DIVERTIDA DE APRENDER CIDADANIA!

    São jogos, quebra-cabeças, puzzles, sudokus e muito mais!

    100% Português. 100% Solidário.

    Ao COMPRAR está a APOIAR a Associação ACEGIS!

  • ECONOMIA SOCIAL EM DESTAQUE | ATUALIDADEInformação e atualidade no âmbito da Economia Social e Solidária

    Programa FACES – Financiamento e Apoio para o Combate à Exclusão Social

    23 Maio, 2018
    Abertura de candidaturas para a 2.ª Edição do Programa FACES - Financiamento e Apoio para o Combate à Exclusão Social. A apresentação das candidaturas para o programa FACES – Financiamento e Apoio para o Combate à Exclusão Social decorre entre 3 de maio e 15 de junho de 2018. Mais informações, aqui. 2.ª edição do […]

    Portugal Inovação Social: €5 milhões de euros para financiar projetos de empreendedorismo e inovação social

    16 Maio, 2018
    Portugal Inovação Social: são €5 milhões de euros para financiar projetos de empreendedorismo e inovação social A Portugal Inovação Social abre pela terceira vez candidaturas a títulos de impacto social. Apoio a projetos inovadores nas áreas da proteção social, emprego, justiça, saúde e inclusão digital. Mais informações, aqui. A Portugal Inovação Social tem, desde 9 de maio
54 visitantes ligados agora
6 visitantes, 48 bots, 0 membros