Comissão sobre o Estatuto das Mulheres começa esta segunda-feira em Nova Iorque

As Nações Unidas iniciaram esta segunda-feira, 11 de março, a 63ª sessão da Comissão sobre o Estatuto das Mulheres. Em debate vão estar as políticas de promoção da igualdade de género e de empoderamento das mulheres e raparigas.

This year, the 63rd session of the United Nations Commission on the Status of Women (CSW63), the UN’s largest gathering on gender equality, is taking place at the United Nations Headquarters in New York from 11 – 22 March 2019. 

It will focus on the theme, “Social protection systems, access to public services and sustainable infrastructure for gender equality and the empowerment of women and girls”.

Entre 11 e 22 de março de 2019 terá lugar a 63ª Sessão da Comissão do Estatuto das Mulheres – CSW63, nas Nações Unidas, em Nova Iorque.

Este ano tem como tema prioritário “Sistemas de proteção social, acesso a serviços públicos e infraestrutura sustentável para a igualdade de género e empoderamento das mulheres e rapariga.”

Em 2019, a sessão da CSW é presidida pela embaixadora da Irlanda junto à ONU, Geraldine Byrne Nason, que expressa a importância da participação política de milhares de mulheres em todo o mundo.

“Ninguém vence quando mulheres e meninas são deixadas para trás.”

Geraldine Byrne Nason salienta que este serão abordadas questões relacionadas com a acessibilidade a serviços de saúde, educação e proteção social, enquanto aspectos “essenciais para alcançar a igualdade de género e o empoderamento de mulheres e das raparigas”.

Enfatizando que estas “não são apenas ‘questões femininas’, uma vez que o que é os benefícios das mulheres e raparigas são benefícios para toda a sociedade. “Ninguém vence quando mulheres e meninas são deixadas para trás.

Estima-se que mais de 120 países sejam representados ao alto nível na reunião da Comissão que também prepara as recomendações sobre a promoção dos direitos das mulheres em áreas como a política, economia, sociedade civil e educação.

Criada em 1946, a CSW também acompanha e avalia os progressos e os desafios na implementação da Declaração e Plataforma de Ação de Pequim de 1995 e resultados do 23º Período Extraordinário de Sessões da Assembleia Geral de 2000.

 

Acompanhe em direto a 63ª CWS – Comissão sobre o Estatuto das Mulheres.

Associação ACEGIS

A Associação ACEGIS reconhece-se enquanto entidade de referência nas áreas estratégicas da cidadania, inclusão, igualdade de género, empreendedorismo e inovação social.

Recomendamos!

Lei da Igualdade Salarial entre homens e mulheres entra em vigor

Com entrada em vigor da nova passa ser obrigatório assegurar a existência de uma política remuneratória transparente e que assegure a igualdade salarial entre a homens e mulheres.

Comunidade LGBTI na Chechénia enfrenta “nova onda de perseguição”

Comunidade LGBTI na Chechénia enfrenta "nova onda de perseguição". Cerca de 40 pessoas foram presas e pelo menos duas morreram torturadas.

Maioria das vítimas de discriminação ou crimes de ódio não apresenta queixa

Barómetro da APAV/Intercampus revela que mais de metade dos casos de discriminação e de crimes de ódio não são reportados às autoridades competentes. Os dados foram apresentados no Dia Europeu da Vítima de Crime.

Relatório GREVIO | Portugal e a violência contra as mulheres

Relatório do Grupo de Peritos para o Combate à Violência contra as Mulheres e a Violência Doméstica (GREVIO) alerta para a baixa taxa de condenações nos casos de violência doméstica.

%d bloggers like this: