Assinatura de protocolo de cooperação com associações de pessoas refugiadas

Alto Comissariado para as Migrações (ACM) assina protocolo de cooperação com quatro associações representativas das pessoas refugiadas em Portugal

O Protocolo tem como objetivo central promover e dinamizar o acolhimento, a integração, a participação e a formação profissional e cívica das pessoas refugiadas, nomeadamente através do desenvolvimento de políticas públicas transversais e com o envolvimento dos destinatários, tendo em vista a promoção da coesão e solidariedade social.

No contexto da política solidária e humanista de acolhimento de pessoas refugiadas em Portugal, é hoje celebrado Protocolo de Cooperação entre o Alto Comissariado para as Migrações (ACM) e quatro Associações constituídas por pessoas refugiadas acolhidas em Portugal: a ARP - Associação de Refugiados em Portugal; a UREP - União dos Refugiados em Portugal; a APIRP – Associação de Apoio aos Imigrantes e Refugiados em Portugal e a Family of Refugees.

 

Valorizando o princípio da construção das políticas públicas na área das migrações, a partir do envolvimento direto dos seus destinatários, o Protocolo prevê a cedência de espaços físicos no Centro Nacional de Apoio ao Migrante de Lisboa, destinado à dinamização de atividades propostas por aquelas Associações; a promoção e divulgação das suas atividades e o encaminhamento, pelo ACM, de pessoas refugiadas para as mesmas, assim como a partilha de informação relativa a domínios de integração, entre outros.

 

O Protocolo tem como objetivo central promover e dinamizar o acolhimento, a integração, a participação e a formação profissional e cívica das pessoas refugiadas, nomeadamente através do desenvolvimento de políticas públicas transversais e com o envolvimento dos destinatários, tendo em vista a promoção da coesão e solidariedade social.

 

A sessão de assinatura do Protocolo de Cooperação decorreu esta terça-feira, no Teatro Ibérico, e contou com a presença da Secretária de Estado para Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, sendo seguida da exibição da peça de teatro «Diário de Um Migrante» que pretende sensibilizar para a situação das pessoas refugiadas e migrantes.

Cidadania 4Kids! Um jogo desafiante que ensina às crianças os valores da cidadania, da igualdade, dos direitos humanos e a educar por um ambiente mais sustentável e ecológico.

Jogo Educativo | Cidadania 4 KIDS

São jogos, quebra-cabeças, puzzles, sudokus e muito mais!
%d bloggers like this: