Câmara Municipal do Porto está a recrutar 12 Técnicos/as Superiores

Câmara Municipal do Porto está a recrutar 12 Técnicos/as Superiores para o Departamento Municipal de Coesão Social

Formalização de candidaturas entre o dia 21 de agosto até 03 de setembro 2018 (inclusive)​. Saiba como se candidatar a esta oferta!

 

Abertura de procedimentos concursais comuns para a constituição de Contrato de Trabalho em Funções Públicas a Termo Incerto, para o preenchimento de 12 postos de trabalho do Mapa de Pessoal da Câmara Municipal do Porto - Departamento Municipal de Coesão Social.

Candidaturas terminam a 03 de setembro de 2018.

 


Ref. AA) Um posto de trabalho na categoria e carreira geral de Técnico/a Superior, para o Departamento Municipal de Coesão Social, área funcional Projeto AIIA

Execução técnica de todas as atividades previstas no do Eixo I – Empregabilidade e Empreendedorismo Social e do Eixo IV – Inovação e Experimentação Social. Acompanhamento e apoio a projetos no âmbito do empreendedorismo e inovação social.”

Nível habilitacional: Licenciatura em Gestão, ou em Direito, Economia, Engenharia, Planeamento, Geografia, Sociologia, Psicologia, Ciências Sociais, Serviço Social, Marketing, Administração Pública ou áreas afins, sem possibilidade de substituição do nível habilitacional por formação, ou experiência profissional.


 

Ref. BB) Um posto de trabalho na categoria e carreira geral de Técnico/a Superior, para o Departamento Municipal de Coesão Social, área funcional Projeto AIIA.

Acompanhamento e apoio a projetos dirigidos aos Jovens NEET nomeadamente no desenvolvimento de atividades de inserção no mercado de trabalho e na definição de projetos de empregabilidade.

 

Nível habilitacional: Licenciatura em Ciências da Comunicação, ou em Ciências Sociais, Psicologia, Ciências da Educação, sem possibilidade de substituição do nível habilitacional por formação, ou experiência profissional.


 

Ref. CC) Um posto de trabalho na categoria e carreira geral de Técnico/a Superior, para o Departamento Municipal de Coesão Social, área funcional Projeto AIIA. 

Eixo II – Pobreza e Integração Social, designadamente no apoio técnico ao lançamento dos procedimentos de contratação, apoio e acompanhamento da execução das atividades, apoio na monitorização e avaliação da execução das diferentes atividades, articulação com os prestadores de serviços externos, contactos com a população inserida em comunidades desfavorecidas, articulação com as instituições que integram a parceria alargada.”

Nível habilitacional: Licenciatura em Ciências Sociais, ou em Ciências da Educação, Sociologia, Psicologia, Serviço Social ou áreas afins, sem possibilidade de substituição do nível habilitacional por formação, ou experiência profissional.


Ref. DD) Um posto de trabalho na categoria e carreira geral de Técnico/a Superior, para o Departamento Municipal de Coesão Social, área funcional Projeto AIIA. Acompanhamento e integração social dos utentes do Centro Acolhimento Emergência.

Nível habilitacional: Licenciatura em Serviço Social, sem possibilidade de substituição do nível habilitacional por formação, ou experiência profissional;


Ref. EE) Um posto de trabalho na categoria e carreira geral de Técnico/a Superior, para o Departamento Municipal de Coesão Social, área funcional Projeto AIIA. Acompanhamento dos utentes do Centro Acolhimento Emergência.

Nível habilitacional: Licenciatura em Psicologia, sem possibilidade de substituição do nível habilitacional por formação, ou experiência profissional.


 

Ref. FF) Três postos de trabalho na categoria e carreira geral de Técnico/a Superior, para o Departamento Municipal de Coesão Social, área funcional Projeto AIIA. Dinamização de atividades dirigidas aos utentes do Centro Acolhimento Emergência

Nível habilitacional: Licenciatura em Educação Social, ou em Arquitetura, Artes Plásticas e Design, sem possibilidade de substituição do nível habilitacional por formação, ou experiência profissional.


Ref. GG) Um posto de trabalho na categoria e carreira geral de Técnico/a Superior, para o Departamento Municipal de Coesão Social, área funcional Projeto AIIA. Execução técnica de todas as atividades previstas no do Eixo III – Comunidades Inclusivas.

Nível habilitacional: Licenciatura em Ciências Sociais, ou em Ciências da Educação, Sociologia, Psicologia, Serviço Social ou áreas afins, sem possibilidade de substituição do nível habilitacional por formação, ou experiência profissional.


 

HH) Um posto de trabalho na categoria e carreira geral de Técnico/a Superior, para o Departamento Municipal de Coesão Social, área funcional Projeto AIIA. Dinamização e/ou acompanhamento técnico necessário à execução das atividades previstas no Eixo III - Bairros com Vida.

Nível habilitacional: Licenciatura na área da Saúde, ou em Ciências Sociais ou áreas afins, sem possibilidade de substituição do nível habilitacional por formação, ou experiência profissional.


 

Ref. II) Um posto de trabalho na categoria e carreira geral de Técnico/a Superior, para o Departamento Municipal de Coesão Social, área funcional Projeto AIIA. Dinamização das iniciativas previstas na sub atividade III.3.4, nomeadamente no acompanhamento Integrado das Famílias em articulação com a Rede Social do Porto.

Nível habilitacional: Licenciatura em Ciências Sociais, ou em Ciências da Educação, Sociologia, Psicologia, Serviço Social ou áreas afins, sem possibilidade de substituição do nível habilitacional por formação, ou experiência profissional.


 

Ref. JJ) Um posto de trabalho na categoria e carreira geral de Técnico/a Superior, para o Departamento Municipal de Coesão Social, área funcional Projeto AIIA. Acompanhamento e apoio técnico à execução física e financeira da operação, elaboração de relatórios e pontos de situação, preparação dos pedidos de pagamento, apoio na reformulação da operação, contactos com a Autoridade de Gestão e articulação com os serviços responsáveis da Câmara Municipal do Porto.

Nível habilitacional: Licenciatura em Gestão, ou em Economia, Engenharia, Administração Pública, Contabilidade e Finanças, Direito, Ciências Sociais, Ciências da Educação, Sociologia, Psicologia, Serviço Social ou áreas afins, sem possibilidade de substituição do nível habilitacional por formação, ou experiência profissional.

Formalização de Candidaturas

 

A formalização das candidaturas é realizada, sob pena de exclusão, mediante formulário tipo de utilização obrigatória, podendo ser entregues pessoalmente na Direção Municipal de Recursos Humanos, sita na Rua do Bolhão n.º 192, 4000 -111 Porto, ou remetidas por correio, dirigidas ao Sr. Presidente da Câmara Municipal do Porto, sob registo e com aviso de receção, para o endereço referido.

Só é admissível a apresentação de candidaturas em suporte de papel, não sendo aceites candidaturas enviadas por correio eletrónico.

 A apresentação da candidatura deverá ser acompanhada de curriculum vitae detalhado, datado e assinado e ainda dos seguintes elementos:

a) Fotocópia de documento comprovativo das habilitações exigidas no ponto 9 do presente aviso (sob pena de exclusão). Os /as candidatos/as  possuidores de habilitações literárias obtidas em país estrangeiro, sob pena de exclusão, deverão apresentar, em simultâneo, documento comprovativo das suas habilitações correspondente ao reconhecimento das habilitações estrangeiras previstas pela legislação portuguesa aplicável;

b) Fotocópias dos documentos comprovativos das ações de formação frequentadas, onde conste a data de realização e duração das mesmas, sob pena de não serem consideradas pelo Júri do procedimento para a Avaliação Curricular;

c) Declaração/Cópia emitida pelo serviço público de origem, devidamente atualizada (reportada ao prazo estabelecido para apresentação das candidaturas) da qual conste: a modalidade da relação jurídica de emprego público, a descrição das atividades/funções que atualmente executa, as últimas duas menções de avaliação de desempenho a identificação da carreira/categoria em que se encontra inserido, com a identificação da respetiva remuneração reportada ao nível e posição remuneratória auferidos (documento apenas aplicável a trabalhadores com contrato de trabalho em funções públicas);

d) Documentos comprovativos da experiência profissional e respetivas avaliações (sob pena de não serem consideradas pelo Júri do procedimento para a Avaliação Curricular).


Candidaturas de 21 de agosto a 03 de setembro de 2018.

Subscreva a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.


FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Newsletter ACEGIS

Junte-se a 14.023 outros subscritores

Ao clicar em “Subscrever”, está a aceitar a nossa política de privacidade.
%d bloggers like this: