Amnistia Internacional está a recrutar Coordenador/a de Investigação e Advocacia

Concurso externo: Coordenador/a de Investigação e Advocacia – Amnistia Internacional Portugal

Envio de formulário de candidatura devidamente preenchido para candidaturas@amnistia.pt até às 23h59 do dia 06 de maio de 2018.
Encontra-se aberto concurso externo para Coordenador/a de Investigação e Advocacia – Amnistia Internacional Portugal
Duração – 6 meses (por substituição, com possibilidade de renovação)

Descrição de Funções
O/a coordenador/a de investigação e advocacia terá como funções a gestão de todo o trabalho de investigação e advocacia da Amnistia Internacional (AI) Portugal, sobre Direitos Humanos em Portugal, tendo a seu cargo a coordenação, ligação, elaboração e implementação de todo o trabalho nestas áreas da Secção Portuguesa da AI.
Trabalhará em equipa com o seu departamento, articulando-se com os diretores dos restantes departamentos e com o diretor/a executivo/a nos âmbitos das funções e tarefas destes.
Perfil e mais valias consideradas 
Os/as candidatos/as deverão reunir, cumulativamente, conhecimentos e experiência nas seguintes áreas:  direitos humanos (governação, advocacia, legislação e investigação em direitos humanos); gestão e gestão de projetos.
  • Concordância e compromisso com os valores e a visão da Amnistia Internacional;
  • Forte sentido de compromisso e dedicação;
  • Forte sentido de trabalho em equipa;
  • Fluência em inglês;
  • Experiência em falar em público.
  Direitos humanos
  • Direitos humanos – direito nacional, direito europeu e direito internacional; Direitos humanos e organizações não-governamentais;
  • Conhecimento dos sistemas jurídicos de proteção de direitos humanos; Conhecimento dos stakeholders governamentais em direitos humanos em Portugal;
  • Direitos Humanos e Governação; Direito humanitário internacional;
  • Direito de imigração e direito dos refugiados; Conhecimentos sobre a atualidade internacional e estado dos direitos humanos no mundo;
  • Conhecimentos e compreensão das áreas de advocacia e política internacional; Experiência em Investigação em Direitos Humanos;
  • Compreensão de problemas e questões de direitos humanos.
Gestão
  • Capacidade de liderança, de motivação de equipas e de gestão de pessoas; Competências de gestão e orientação para objetivos;
  • Pensamento estratégico, capacidade de planeamento, monitorização e avaliação; Domínio e capacidade de condução de processos de tomada de decisão e gestão de conflitos;
  • Capacidade para unir e conciliar diferentes abordagens, estratégias e plataformas de trabalho; Experiência em gestão de projetos;
  • Capacidade de trabalhar de forma autónoma e sob stress; Flexibilidade de horários e disponibilidade para viagens dentro e fora do país;
  • Conhecimentos na área de gestão de projetos relacionados com o cargo.

Formalização de Candidaturas

Envio de formulário de candidatura  devidamente preenchido para candidaturas@amnistia.pt até às 23h59 do dia 06 de maio de 2018.
Todos/as os/as candidatos/as serão informados/as sobre os resultados de pré-seleção até ao dia 10 de maio de 2018.  Os/as candidatos/as selecionados/as para a fase seguinte serão informados/as sobre os procedimentos seguintes e data para entrevista.
Início das funções em Maio de 2018.
Subscreva gratuitamente a nossa newsletter e receba no seu email toda as nossas notícias e artigos.

FIQUE A PAR DAS NOSSAS NOTÍCIAS! 

Junte-se a 14.701 outros subscritores

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social