Guião de Educação: Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário

Guião de Educação: Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário

Novo Guião de Educação: Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário já está disponível online para ajudar professoras e professores a integrar nas suas aulas as questões de igualdade de género.

O propósito deste guião é integrar a dimensão de género nas práticas educativas em contexto escolar, consciencializando e atuando de forma crítica face aos estereótipos sexistas socialmente dominantes

Guião de Educação: Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário

O novo Guião de Educação: Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário já está disponível online para ajudar professoras e professores a integrar nas suas aulas as questões de igualdade de género.

A elaboração do Guião de Educação Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário para apoio a docentes deste ciclo de ensino resultou de uma adjudicação feita pela Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) à Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres (APEM), em setembro de 2014, após abertura de um período de auscultação pública a diversas entidades para apresentação de propostas.

 


O Guião encontra-se dividido em duas partes. 

Numa primeira parte deste guião é feito o enquadramento teórico em torno dos conceitos de Género e Cidadania e a sua aplicação ao ensino e ao conhecimento. Depois, numa segunda parte, são dadas sugestões práticas de como abordar estes temas num conjunto de disciplinas que vai do Português à História, passando pelo Inglês, Filosofia ou Biologia.

O presente Guião tem, pois, duas finalidades. A primeira, consiste na integração da dimensão de género nas práticas educativas em contexto escolar e nas dinâmicas coletivas e organizacionais das instituições de educação formal, alicerçada numa conscientização e numa atuação crítica face aos estereótipos sexistas, socialmente dominantes, e que predefinem o que é suposto ser e fazer uma rapariga e um rapaz, legitimando a desigualdade nas relações entre umas e outros.

Neste sentido, pretende-se contribuir para a efetivação de uma educação formal e, nesta, de uma educação para a cidadania, que se configure e se estruture em torno, entre outros, do eixo da igualdade social entre mulheres e homens.

A segunda, específica deste Guião e expressa no título Conhecimento, Género e Cidadania no Ensino Secundário, é a integração da investigação científica em Estudos sobre as Mulheres, Estudos de Género e Estudos Feministas na gestão dos programas disciplinares e na abordagem dos seus conteúdos, partindo da assunção do cariz androcêntrico do pensamento científico e da exclusão, secundarização ou silenciamento das mulheres, e do feminino, na ciência produzida e ensinada, ou seja, no conhecimento sobre as sociedades humanas que a escola veicula.

 

As propostas contidas neste Guião visam:

(i) Por um lado, permitem a apropriação de um olhar crítico sobre a vida e as relações de homens e de mulheres nas alunas e nos alunos que seguem a via de ensino e, eventualmente, a via da investigação científica.

(ii) Por outro lado, contribuírem para o conhecimento, por parte dos alunos e das alunas que optarem pela integração no mercado de trabalho, dos direitos e deveres laborais, bem como dos fatores que põem em risco e condicionam esses mesmos direitos, no atual quadro da mobilidade geográfica.

O Guião destina-se a docentes do ensino secundário, dos cursos científico-humanísticos e dos cursos profissionais, e atende ao facto de este último ciclo de ensino, quer para o prosseguimento de estudos, quer para a entrada no mercado de trabalho.