Fórum Económico Mundial: 7 mulheres vão liderar a cimeira de Davos

Fórum Económico Mundial: 7 mulheres vão liderar a cimeira de Davos

A cimeira de Davos decorre entre 23 e 26 de Janeiro e reúne cerca de três mil dirigentes políticos e económicos mundiais.

Pela primeira vez, em 47 anos de história, a reunião da cimeira de Davos vai ser exclusivamente liderada por mulheres.

Davos 2018: Fórum Económico Mundial

 

O tema oficial da reunião deste ano é: "Criar um futuro compartilhado num mundo fraturado".

A cimeira de Davos decorre entre 23 e 26 de Janeiro e reúne cerca de três mil dirigentes políticos e económicos mundiais.

Em discussão vão estar temas e formas de cooperação internacional em domínios como a desigualdade, a pobreza, a inovação, o meio ambiente, as tecnologia e as alterações climáticas e na economia global.


 

"Criar um futuro partilhado num mundo fraturado" é o tema da edição deste ano do Fórum Económico Mundial que decorre na emblemática estância turística de Davos, na Suíça.

A organização espera que os presentes - chefes e Estado, líderes empresariais e celebridades, entre outros - discutam formas de renovar o compromisso com a cooperação internacional em domínios como a desigualdade, a pobreza, a inovação, o meio ambiente, as tecnologia e as alterações climáticas e na economia global.

Pela primeira vez, em 47 anos de história, a reunião da cimeira de Davos vai ser exclusivamente liderada por mulheres.

No entanto, apenas 21% dos cerca de três mil participantes são mulheres.

7 Mulheres vão liderar a Cimeira de Davos

Sete mulheres vão liderar o 48º Encontro Anual do Fórum Económico Mundial, naquela que será a primeira vez em que nenhum homem foi escolhido como co-presidente do evento.

Muito embora a participação feminina também seja a mais elevada de sempre, as mulheres representam apenas 21% dos cerca de três mil participantes na cimeira anual de Davos (um aumento face aos 18% em 2017).

Entre as sete mulheres escolhidas para liderar o encontro estão figuras de vários setores da sociedade, como Christine Lagarde, diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Erna Solberg, primeira-ministra da Noruega e Fabiola Gianotti, diretora-geral da Organização Europeia de Investigação Nuclear (CERN).

 

As sete mulheres que vão estar presentes no palco da reunião anual são:

 Sharan Burrow, Secretária-geral da Confederação Sindical Internacional;

Fabiola Gianotti, Diretora-geral da Organização Europeia para Pesquisa Nuclear (CERN);

Isabelle Kocher, CEO da ENGIE, empresa de energias; 

Christine Lagarde, Diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI);

Ginni Rometty, Presidente e CEO da IBM Corporation;

Chetna Sinha, Fundadora e Presidente da Fundação Mann Deshi, na Índia;

Erna Solberg, Primeira-ministra da Noruega.

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social