IEFP atribui Marca Entidade Empregadora Inclusiva 2017. Conheça as entidades premiadas!

IEFP atribui Marca Entidade Empregadora Inclusiva 2017. 

O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) reconheceu, pela primeira vez, um conjunto de entidades com a Marca Entidade Empregadora Inclusiva.
Conheça as entidades premiadas!

O IEFP distinguiu 11 entidades públicas e privadas com a Marca Entidade Empregadora Inclusiva 2017.

O galardão tem periodicidade bienal e foi entregue a 11 instituições e empresas portuguesas, no passado dia 20 de novembro.

A Cerimónia de entrega dos troféus contou com a presença da Secretária de Estado para a Inclusão das Pessoas com Deficiência e serviu para assinalar o empenho destas entidades, públicas ou privadas, na adoção de práticas de gestão que garantam maior igualdade no acesso, manutenção e progressão na carreira das pessoas com deficiência e incapacidade.

Empresas e Instituições Marca Entidade Empregadora Inclusiva 2017

  • CAID – Cooperativa de Apoio à Integração de Deficiente;
  • El Corte Inglés;
  • Fundação ADFP – Assistência Desenvolvimento e Formação Profissional;
  • Horizonte – Cooperativa de Solidariedade Social e de Ensino;
  • MAPADI – Movimento de Apoio de Pais e Amigos ao Diminuído Intelectual;
  • Município de Ílhavo;
  • Município de Portel;
  • Santa Casa da Misericórdia de Almada;
  • Santa Casa da Misericórdia do Porto; Teatro Nacional de D. Maria II;
  • Universidade de Aveiro.
Criada em 2015, a Marca Entidade Empregadora Inclusiva estabelece quatro domínios fundamentais de avaliação: recrutamento, desenvolvimento e progressão profissional, manutenção e retoma do emprego, acessibilidades e serviço e relação com a comunidade.
Esta é uma iniciativa do IEFP, em parceria com a Associação Portuguesa de Ética Empresarial, a Associação Portuguesa de Gestão das Pessoas e o Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável.

Associação ACEGIS - ONGD

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social

O primeiro jogo educativo que ensina às crianças os valores da cidadania, da igualdade, dos direitos humanos e a educar por um ambiente mais sustentável e ecológico.