Economia Social: Linha de Crédito Social Investe

Uma linha de crédito de 12,5 milhões de euros que visa facilitar o acesso a financiamento  a entidades que integram o setor da Economia Social.

SOCIAL INVESTE | Financiamento no âmbito do programa de apoio à economia social

O SOCIAL INVESTE é um programa de apoio à Economia Social, concretizado numa linha de crédito, que visa facilitar o acesso a financiamento por parte de entidades que integram o setor.
Este programa destina-se a incentivar o desenvolvimento das atividades de natureza social e solidária das entidades que integram o setor da Economia Social, traduzindo desta forma, o reconhecimento de que este setor constitui, inquestionavelmente, um dos pilares do desenvolvimento económico e social do país.
Montante global
Até 12,5 milhões de euros.
São elegíveis as seguintes operações:
Investimento no reforço da atividade em áreas existentes ou em novas áreas de intervenção;
Modernização dos serviços prestados às comunidades;
Modernização da gestão e reforço de tesouraria.
Entidades Destinatárias:
 As instituições particulares de solidariedade social; As mutualidades;
 As misericórdias;  As cooperativas;  As associações de desenvolvimento local:
 Outras entidades da economia social sem fins lucrativos.
As operações elegíveis são classificadas em duas tipologias específicas, diferenciadas de acordo com o objetivo do financiamento e a preponderância das rubricas.

.

SOCIAL INVESTE | Tipologias Específicas
Eixo I – Investimento no reforço da atividade em áreas existentes ou em novas áreas de intervenção e modernização dos serviços prestados às comunidades
Enquadramento das operações:
Investimento + Modernização dos Serviços ≥ 50% do investimento.
Montante máximo de financiamento por entidade:
Até 100.000,00 €, tendo como limite 95% do montante do projeto.
Prazo de elegibilidade da Operação:
7 anos.

.

Eixo II – Modernização da gestão e reforço da tesouraria
Montante Máximo de financiamento por Entidade:
Até 75.000,00 €, tendo como limite 95% do montante do projeto.
Enquadramento das operações:
Modernização da gestão e reforço da tesouraria ≥ 50%.
Prazo de elegibilidade da Operação:
5 anos.

.

.
Apresentação de candidaturas:
A entidade candidata deverá requerer junto da CASES: (i)Emissão de credencial, no caso das cooperativas; (ii) Declaração a atestar a qualidade de destinatário, para as demais organizações.
As candidaturas deverão ser enviadas para socialinveste@cases.pt, solicitando a emissão da referida declaração, em conjunto com a documentação necessária, consoante a entidade em questão.

 

 

Consulte o Regulamento

Poderá ser obtida informação mais detalhada sobre a Linha de Crédito através do contacto com:
CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social, CIPRL
Tel: 21 387 80 46/7 / 21 043 68 77 / 21 043 68 76     |  E-mail: socialinveste@cases.pt

Para mais informações, clique aqui

 

%d bloggers like this: