Procedimento concursal comum | Casa Pia de Lisboa

Procedimento concursal comum | Casa Pia de Lisboa

 

Áreas: Educação Social, Animação Socioeducativa, Animação Sociocultural, Língua Gestual Portuguesa, Reabilitação Psicomotora, Educação Especial.

Candidaturas até 31 de julho de 2017. 

 


Procedimento concursal comum de recrutamento de 20 (vinte) técnicos/as  superiores, com e sem vínculo de emprego público, para ocupação de postos de trabalho na área do Acolhimento Residencial de Crianças e Jovens, da Casa Pia de Lisboa, I. P.

Referência A – 17 Técnicos/as Superiores – Licenciatura em Educação Social, ou em Animação Socioeducativa, ou em Animação Sociocultural;

Referência B – 1 Técnico/a Superior – Licenciatura em Educação Social, ou em Animação Socioeducativa, ou em Animação Sociocultural e, preferencialmente, com certificação em Língua Gestual Portuguesa, correspondente ao nível de iniciação ou superior;

Referência C – 2 Técnicos/as Superiores – Licenciatura em Reabilitação Psicomotora, ou em Educação Especial e Reabilitação e, preferencialmente, com certificação em Língua Gestual Portuguesa, correspondente ao nível de iniciação ou superior.

 

Local de trabalho: Exercício de funções no acolhimento residencial de crianças e jovens da CPL, I. P., designadamente, em Casas de Acolhimento, em Lar de Apoio e em Lar Residencial, sitos no distrito de Lisboa, o qual, tem a natureza de serviço de funcionamento permanente e ininterrupto.

 

Requisito habilitacional:

Referência A – Licenciatura em Educação Social, ou em Animação Socioeducativa, ou em Animação Sociocultural;

Referência B – Licenciatura em Educação Social, ou em Animação Socioeducativa, ou em Animação Sociocultural e, preferencialmente, com certificação em Língua Gestual Portuguesa, correspondente ao nível de iniciação (120 horas) ou superior, segundo o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECRL);

Referência C – Licenciatura em Reabilitação Psicomotora, ou em Educação Especial e Reabilitação e, preferencialmente, com certificação em Língua Gestual Portuguesa, correspondente ao nível de iniciação (120 horas) ou superior, segundo o QECRL.

 

Formalização das candidaturas:

As candidaturas deverão ser formalizadas, mediante o preenchimento do formulário eletrónico, de utilização exclusiva e obrigatória, publicitado no sítio da CPL, I. P., em www.casapia.pt/, sendo excluídas as candidaturas apresentadas em suporte de papel, bem como os formulários eletrónicos submetidos após as 23h59 m, hora de Portugal Continental, do último dia do prazo estabelecido para o efeito.

Em caso de comprovada dificuldade e/ou impossibilidade de preenchimento do formulário eletrónico referido no ponto anterior, mediante solicitação prévia a enviar para o endereço eletrónico candidaturas.tsar2017@casapia.pt.

A CPL, I. P., poderá disponibilizar apoio presencial para o preenchimento do mesmo, nos Serviços Centrais da CPL, I. P., sitos na Avenida do Restelo, n.º 1, 1449-008 Lisboa, no horário de expediente de funcionamento dos serviços entre as 09h00 e as 18h00, e até data limite fixada para apresentação das candidaturas.

 

Candidaturas até 31 de julho de 2017.


Consulte o Aviso de Abertura do Concurso e Formulário de Candidatura:

Aviso de Abertura de Procedimento Concursal – Aviso n.º 8024/2017

Formulários de Candidatura ao Procedimento Concursal 

 

Para mais informações, clique aqui.