Candidaturas ‘Capacitação para o Investimento Social’ da Portugal Inovação Social

Candidaturas ‘Capacitação para o Investimento Social’ da Portugal Inovação Social

Estão abertas as candidaturas ao instrumento de financiamento Capacitação para o Investimento Social, com financiamento do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE) do Portugal 2020.

Candidaturas  de 21 de março a 19 de junho de 2017.


Candidaturas ‘Capacitação para o Investimento Social‘ da Portugal Inovação Social

O instrumento de financiamento Capacitação para o Investimento Social pretende apoiar Iniciativas de Empreendedorismo e Inovação Social (IIES) no reforço das suas capacidades organizativas e competências de gestão, com o objetivo de as tornar mais preparadas para gerar impacto social e captar investimento social.
Este instrumento de financiamento apoia Iniciativas de Inovação e Empreendedorismo Social (IIES) no reforço das suas capacidades organizativas e competências de gestão, com o objetivo de as tornar mais preparadas para gerar impacto social e captar investimento social.  Dá resposta às necessidades de capacitação específicas de cada IIES através da atribuição de um montante fixo não reembolsável (até um valor máximo de 50.000€), para o financiamento do seu plano de capacitação. Esse plano de capacitação, a implementar num horizonte temporal até 18 meses, poderá incluir até 5 intervenções de capacitação distintas.
As IIES poderão utilizar o montante atribuído para a contratação dos correspondentes serviços de capacitação, os quais podem assumir qualquer combinação de três formatos: formação, consultoria, mentoria.
Entidades elegíveis:
Podem candidatar-se entidades do âmbito da economia social promotoras de IIES. As intervenções de capacitação previstas no Plano de Capacitação proposto deverão ocorrer nas regiões do Norte, Centro ou Alentejo.
As candidaturas das IIES a este instrumento de financiamento são apresentadas no Balcão 2020, através do preenchimento de um formulário online e da apresentação de um conjunto de quatro documentos de suporte, que seguem um modelo pré-definido.

Assumindo o carater inovador do processo, a Portugal Inovação Social disponibiliza, para apoio às entidades interessadas, um documento de resposta a Perguntas Mais Frequentes, bem como um detalhado Guia de Apoio à Elaboração de Candidaturas.

Candidaturas de 21 de março a 19 de junho de 2017.

As IIES podem candidatar-se ao Instrumento de Financiamento Capacitação para o Investimento Social após a abertura do respetivo aviso para apresentação de candidaturas no website do Portugal 2020.
Esse aviso é lançado pela Autoridade de Gestão do programa financiador do Portugal 2020 (o Programa Operacional Inclusão Social e Emprego), em articulação com a Portugal Inovação Social, e define as regras base de desenvolvimento e de aceitação de uma candidatura, de aprovação de candidaturas e de atribuição de financiamentos.
As entidades que pretendam apresentar uma candidatura ao Instrumento de Capacitação para o Investimento Social deverão seguir três passos:
  1. Registar-se no Balcão 2020;
  2. Preencher o formulário eletrónico correspondente;
  3. Anexar ao formulário os seguintes documentos de suporte (obrigatórios):
  • Diagnóstico de necessidades de capacitação da IIES;
  • Plano de capacitação da IIES;
  • Orçamento detalhado por intervenção de capacitação proposta;
  • Manifestação de interesse de investimento social na IIES.
Os critérios utilizados para avaliar as candidaturas recebidas são:
  • Inovação e potencial de impacto social da iniciativa;
  • Qualidade do diagnóstico apresentado;
  • Credibilidade e envolvimento dos investidores sociais;
  • Compromisso da equipa promotora da iniciativa;
  • Relevância e exequibilidade do plano de capacitação proposto;
  • Adequação do orçamento proposto face ao plano de capacitação proposto;
  • Contributo para a prossecução dos objetivos das políticas de igualdade de oportunidades e de igualdade de género;
  • Grau de cumprimento dos resultados acordados no âmbito de outras operações da responsabilidade do mesmo beneficiário.

Para mais informações, clique aqui.