Campanha de Sensibilização Violência Doméstica contra os homens

APAV lança campanha de sensibilização sobre violência doméstica contra os homens

Medo e da vergonha são a principal barreira para pedir ajuda, diz a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV).

Em 2015 foram apresentadas 452 queixas por homens, mais 14,4% do que em 2013. Nos últimos dois anos, houve mais de 1200 casos de homens vítimas de violência doméstica.
Campanha_apav_ACEGISEsta é uma marca num homem vítima de violência doméstica. A campanha pretende “sensibilizar para as questões do medo e da vergonha, que surgem como principal barreira ao primeiro pedido de ajuda”.
“É preciso que os homens se libertem deste peso do medo e da vergonha de pedirem ajuda, de terem medo de serem humilhados, de que não acreditem neles junto das autoridades ou das instituições.”, refere Daniel Cotrim da APAV.
A imagem escolhida para a campanha mostra uma ressonância magnética do cérebro humano. No crânio vê-se uma área a vermelho. Essa área iluminada representa a área do cérebro que é responsável pelo sentimento de vergonha. Vergonha e invisibilidade, duas marcas da violência doméstica.
Apesar da maioria das vítimas de crime de violência doméstica serem mulheres, a APAV quer chamar a atenção para o facto de também haver homens entre as vítimas, e que a violência doméstica nos homens está a aumentar. Entre 2013 e 2015, a APAV registou um total de 1240 homens adultos vítimas de violência doméstica, tendo-se verificado um aumento de 14,4% entre 2013 e 2015.
Os homens vítimas de violência doméstica podem ser alvo de comportamentos de controlo, agressões físicas e psicológicas. O medo e a vergonha surgem como a principal barreira ao primeiro pedido de ajuda.
O receio do descrédito e da humilhação, que pode, muitas vezes, surgir de familiares, amigos e até mesmo instituições policiais e judiciárias, impede a decisão da denúncia da vítima.

Siga a campanha no site ou no Facebook da APAV.

Veja o Vídeo da campanha | Esta é uma marca num homem vítima de violência doméstica

%d bloggers like this: