Relatório ONU Mulher: Progresso das Mulheres do Mundo 2015- 2016

  • Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social

    A ACEGIS reconhece-se enquanto entidade de referência nas áreas estratégicas da cidadania, inclusão, igualdade de género, empreendedorismo e inovação social. Intervimos ativamente pela construção de uma sociedade mais justa, paritária e inclusiva!

  • Espanha. Grupo 'La Manada' libertado sob fiança de seis mil euros Esta quinta-feira o Tribunal de Navarra decretou que os cinco homens seriam libertados, na condição de pagarem, cada um, uma caução de seis mil euros. O grupo de cinco homens conhecidos como La Manada (A Manada) foi esta sexta-feira libertado sob caução. O Tribunal de Navarra […]

Relatório ONU Mulher: Progresso das Mulheres do Mundo 2015- 2016

27 Abril, 2015
/ / /
Comments Closed

Relatório ONU Mulher 2015

Lançamento mundial do relatório “Progresso das Mulheres no Mundo: Transformar as economias para realizar direitos”

 «De Wall Street aos campos de cana-de-açúcar, as barreiras de género que atuam contras as mulheres são fortes”

  Phumzile Mlambo-Ngcuka, diretora executiva da ONU Mulher.

Relatório ONU MUlher _Progresso das Mulheres do Mundo 2015-2016

Direitos económicos e sociais das mulheres trabalho digno, saúde no trabalho, apoio na tarefa de cuidados de outras pessoas e segurança na velhice – são os temas abordados no relatório mundial “Progresso das Mulheres no Mundo 2015-2016: Transformar as economias para realizar direitos”, elaborado pela ONU Mulheres.
O documento aponta que frequentemente os direitos económicos e sociais das mulheres são limitados uma vez que são forçadas a viver em “um mundo de homens”.
  • Globalmente, há mais desemprego feminino do que masculino, e mesmo quando trabalham, as mulheres recebem salários inferiores em tarefas equivalentes;
  • A nível mundial, apenas metade das mulheres participam na força de trabalho, em comparação com três quartos dos homens;
  • Globalmente, em média, as mulheres recebem menos 24% do que os homens, sendo que esta percentagem aumenta quando se trata de mulheres com filhos;
  • As mulheres trabalham em média mais  2,5 vezes em tarefas domésticas e trabalho não remunerado do que os homens.
  • Entre os trabalhadores domésticos em todo o mundo 83% são mulheres e quase metade deles não têm direito ao salário mínimo;
  • 75% do emprego das mulheres é informal, em atividades que não são abrangidas pelas leis do trabalho e da proteção social.
  • Em 2014, nas 6 instituições económicas mundiais mais influentes, a representação das mulheres em nos conselhos executivos variou entre 4 e 20%.

Relatório ONU Mulher

Contudo, é possível avançar esse status quo e vislumbrar um mundo em que as economias sejam construídas levando em consideração os direitos das mulheres.

 «O tipo de mudança de que precisamos é de longo alcance, mas pode ser alcançado.» 

 Shahra Razavi, Chefe de Investigação e Informação da ONU Mulheres
De acordo com o mesmo relatório, em Portugal as mulheres trabalham em média quatro vezes mais tempo por dia em trabalho doméstico e não remunerado do que os homens:  302 minutos de trabalho doméstico e de assistência não remunerada aos dependentes, contra apenas 77 minutos dos homens.
No entanto, Portugal é um país que tem demonstrado uma evolução no que diz respeito à legislação e direitos da mulher, nomeadamente: leis contra discriminação entre géneros a nível salarial ou no recrutamento e proíbe o assédio sexual no local de trabalho.
Tendo evoluído igualmente em termos de taxa de participação laboral das mulheres, que aumentou de 49% em 1990 para 55% em 2013.
O relatório determina 10 prioridades de intervenção no âmbito da igualdade de género: reivindicar mais e melhores empregos para mulheres, a redução da disparidade profissional e salarial entre homens e mulheres, o fortalecimento da segurança económica das mulheres ao longo da vida, a redução e redistribuição do trabalho doméstico e o investimento em serviços sociais com consciência das questões de género.
A ONU Mulheres, defende uma agenda económica alternativa conducente a uma sociedades mais justas, igualitária e inclusiva, e na qual a mulher possa ter um papel ativo no desenvolvimento social e económico.

.

Relatório ONU MUlher _Progresso das Mulheres do Mundo 2015-2016

.

Faça Download Relatório ONU Mulher 2015

Também disponível na Página da UN WOMEN em

http://progress.unwomen.org/

About Author

About ACEGIS

ACEGIS - Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social

Comments are closed.

  • Jogo Educativo – Cidadania 4Kids!

  • UMA FORMA DIVERTIDA DE APRENDER CIDADANIA!

    São jogos, quebra-cabeças, puzzles, sudokus e muito mais!

    100% Português. 100% Solidário.

    Ao COMPRAR está a APOIAR a Associação ACEGIS!

  • ECONOMIA SOCIAL EM DESTAQUE | ATUALIDADEInformação e atualidade no âmbito da Economia Social e Solidária

    Candidaturas Programa Cidadãos Ativ@s

    17 Julho, 2018
    Candidaturas para ONG | Programa Cidadãos Ativ@s O Programa Cidadãos Ativ@s (2018-2024) foi criado na sequência do concurso para a gestão em Portugal do Active Citizens Fund, um fundo destinado a Organizações Não Governamentais (ONG), no âmbito do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu. Estão abertas as candidaturas para Organizações Não Governamentais que desenvolvam proje

    Abertura Candidaturas para Financiamento de Projetos no âmbito do Programa Nacional para a Saúde Mental

    11 Julho, 2018
    Abertura de Candidaturas para Financiamento de Projetos no âmbito do Programa Nacional para a Saúde Mental A Direção-Geral da Saúde abriu 6 concursos para financiamento de projetos no âmbito do Programa Nacional para a Saúde Mental para entidades coletivas privadas sem fins lucrativos. Candidaturas até 25 de julho de 2018. A Direção-Geral da Saúde (www.dgs.pt) […]
64 visitantes ligados agora
1 visitantes, 63 bots, 0 membros